Mate couro feito em casa

Mate Couro é um refrigerante regional à base de guaraná produzido em Minas Gerais (mais particularmente em Belo Horizonte) desde 1947. Leva em sua fórmula também erva-mate e chapéu-de-couro, o que dá um gosto levemente mais amargo. Se você não está em BH, é muito difícil encontrar essa iguaria, então que tal fazer uma versão caseira?

Refrigerante Mate Couro feito em casa. Foto: ViniRoger

A erva-mate (Ilex paraguariensis) é uma árvore originária da região subtropical da América do Sul. É consumida como chá mate (quente ou gelado), chimarrão ou tereré nos países dessa região. Tem poder de estimular a atividade física e mental, atuando beneficamente sobre os nervos e músculos, combatendo a fadiga, proporcionando a sensação de saciedade, sem provocar efeitos colaterais como insônia e irritabilidade. Age sobre o tubo digestivo, facilitando a digestão sendo diurética e laxativa.

O chapéu-de-couro (Echinodorus macrophyllum ou Echinodorus grandiflorus), também conhecido pelos nomes de chá-da-campanha e erva-do-brejo, é uma erva existente em boa parte da América Latina que cresce em locais pantanosos. Possui folhas largas e flores brancas, tendo uso ornamental e medicinal. A infusão das folhas fornece chá laxativo, atuando também com eficácia contra casos de hipertensão, inflamação de pele e de garganta, reumatismo, artrite e como depurador do sangue e eliminador de ácido úrico.

Você pode encontrar as folhas picadas de chapéu de couro em casas de produtos naturais e erva mate moída em vendas de produtos regionais. Fazendo um chá dessas ervas e misturando com xarope de guaraná, basta adicionar água gasosa gelada para fazer um refrigerante. Você pode comprar o xarope pronto ou fazê-lo a partir do pó de guaraná (veja mais no posto Tubaína e refrigerantes caseiros).

Receita de Mate couro caseiro

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de folhas de chapéu-de-couro
  • 1 colher de sopa de erva-mate
  • 1/2 litro de água filtrada
  • 1/2 litro de água com gás
  • 1/2 xícara de xarope de guaraná (já adoçado)

Procedimento

  1. Ferva 250 ml de água e deixe as folhas de chapéu-de-couro em infusão por 5 minutos para fazer um chá, coando o resultado em uma vasilha
  2. Faça o mesmo procedimento com a erva-mate, mas sem deixar a água ferver, coando ao resultado em uma vasilha
  3. Quando esfriarem, misture os dois chás com o xarope de guaraná e a água com gás
  4. Caso ache muito ralo, pode adicionar um pouco mais de xarope de guaraná

Caso queira aproveitar a erva mate que sobrou para fazer um chimarrão ou um tereré, veja como fazer clicando no link. Em vez da cuia, você pode usar um copo, mas a bomba (utensílio utilizado para amassar a erva mate) é difícil de dispensar.

Xarope de Mate Couro

Por sua alta concentração de açúcar, o xarope consegue permanecer conservado por mais tempo. A base do xarope é feita colocando uma proporção de 50/50 de água quente e açúcar em uma panela. Misture no calor para derreter e, em seguida, deixe esfriar. Depois, acrescente o que quiser para dar sabor – nesse caso, as ervas e o pó de guaraná. Para sua diluição, use 1 parte de xarope para 6 partes de água.

Ingredientes

  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara de água
  • 1 colher de sopa de folhas de chapéu-de-couro
  • 1 colher de sopa de erva-mate
  • 1/4 xícara de xarope de guaraná
  • 2,4 litros de água com gás

Procedimento

  1. Jogue a água e o açúcar em uma panela em fogo médio e misture até dissolver todo o açúcar (mistura fica quase transparente, um pouco antes da água ferver)
  2. Desligue o fogo e coloque as ervas, deixando um pano sobre a panela e aguarde 5 minutos para a infusão
  3. Passe o xarope na peneira e adicione o guaraná, guardando a mistura na geladeira (dica: jogue a medida de guaraná em um copo graduado e coe diretamente nesse recipiente, para que possa retirar medidas diretamente e sujar menos louça)
  4. Para servir, misture com a água gaseificada respeitando a proporção 1:6 – para cada 50 ml (1/4 xícara) de xarope, use 300 ml (1 1/2 xícara) de água com gás

Você também pode substituir o xarope de guaraná por uma porção de 50 g de guaraná em pó com 50 g de açúcar e 30 ml (2 colheres de sopa) de água.

Fontes