Personagens dos quadrinhos com poderes meteorológicos

Existem vários personagens dos quadrinhos que possuem poderes que controlam evento atmosféricos. Provavelmente o mais famoso deve ser o Thor, criado com inspiração no senhor do trovão das religiões e lendas nórdicas. O Asgardiano pode convocar relâmpagos e vários outros padrões meteorológicos associados a tempestades. Enquanto ele pode atirar raios nos inimigos, ele não pode controlar as correntes de vento com precisão suficiente para voar por conta própria.

Texas Twister. Fonte: Fandom
Texas Twister. Fonte: Fandom

Ainda no mundo da Marvel, os X-men apresentam ainda mais personagens com poderes ligados à Meteorologia, sendo Tempestade a mais famosa – veja mais no post Os poderes meteorológicos de X-men. Outro exemplo é o Texas Twister. Drew Daniels era apenas um rancheiro normal do Texas até que um tornado radioativo (que causou um vazamento de radiação em um reator nuclear próximo) o pegou e lhe deu a força e os poderes proporcionais desse fenômeno atmosférico. Descobrindo que ele tinha a capacidade de criar tornados, Daniels se juntou à SHIELD como “o Texas Twister” para fazer parte de uma equipe do programa planejado de “superagentes”.

O Raio Negro (Black Bolt no original) é um personagem da Marvel que, pelo nome, parece ter poderes meteorológicos. No entanto, eles vão além de controles atmosféricos. Dentre eles, estão: grito Hiper-sônico, canalização de partículas e elétrons, manipulação de partículas e elétrons e voo. Ele ganhou seus poderes quando foi submetido a Névoa Terrígena (cuja propriedade é alterar o DNA dos organismos) enquanto ainda se encontrava no ventre da mãe.

A DC também possui personagens que podem controlar os fatores meteorológicos, como vento, chuva, raios, etc. Ainda nos tempos da Fawcett, existe a história Capitão Marvel contra o Homem do Tempo (The Weatherman), em que é o vilão que controla esses elementos.

Weather Wizard. Fonte: Fandom
Weather Wizard. Fonte: Fandom

O Weather Wizard é um dos inimigos mais poderosos do Flash, cuja primeira aparição foi na Flash #110 de dezembro de 1959. Escapando de um transporte da prisão pulando da janela, Mark Mardon fugiu para a casa de seu irmão apenas para encontrá-lo morto. O irmão de Mardon, o cientista Clyde, tinha acabado de descobrir uma maneira de controlar o clima antes de morrer de ataque cardíaco (embora evidências recentes impliquem que Mardon assassinou seu irmão e mentiu ou bloqueou a memória de encontrar seu corpo).

Mardon pegou as anotações de Clyde e as usou para fazer uma varinha para mudar o clima e embarcou em uma carreira criminosa como o Mago do Tempo, às vezes usando seus poderes em pequena escala (como acertar alguém com um raio) e às vezes em maior escala (aprisionando uma cidade no inverno) – ou também produzir nevascas, invocar relâmpagos, voar usando correntes de ar, produzir neblina e gerar ventos. Um efeito colateral de seus poderes é que qualquer clima que ele cria afeta suas emoções (ao contrário de outros manipuladores climáticos cujos humores afetam subconscientemente o clima). Uma tempestade violenta o irritará, enquanto uma chuva suave o deixará triste.

Rainmaker. Fonte: Fandom
Rainmaker. Fonte: Fandom

Outra personagem é Sarah Rainmaker, que descobriu que seu sobrenome era mais do que um lembrete de sua herança Apache ao ver que tinha poderes “gen-ativos”. Rainmaker (Granizo nas edições em português) pode controlar o tempo meteorológico, embora precise de manoplas especialmente projetadas para controlar e usar efetivamente os relâmpagos como arma. “I have a typhoon in one hand and a tsunami in the other. And you want to threaten me?” Ela foi criada na WildStorm, que mais tarde se tornou uma marca da DC Comics em 1998.

Ma Hunkel aparecendo como Tornado Vermelho na primeira aparição dela como super-heroína. Fonte: Wikipedia
Ma Hunkel aparecendo como Tornado Vermelho na primeira aparição dela como super-heroína. Fonte: Wikipedia

O nome Tornado Vermelho já foi usado por dois super-heróis da DC. A primeira foi Abigail Mathilda “Ma” Hunkel, que apareceu como civil em publicação da All-American Comics de junho de 1939 (edição #3) e tornou-se Tornado Vermelho em novembro de 1940 (edição #20). Na história, o irmão mais novo de Scribbly (personagem originalmente criado na Dell Comics), Dinky, e a filha de Ma Hunkel, Sisty, são sequestrados e a polícia não consegue localizá-los. Scribbly conta a Ma sobre o Lanterna Verde, e ela se inspira a vestir uma fantasia e combater o crime, chamando a si mesma de Tornado Vermelho – não controlava ventos, somente era forte como um tornado.

Na edição #24, Dinky e Sisty se juntaram à luta contra o crime como ajudantes, chamando a si mesmos de “The Cyclone Twins”. A série continuou por mais três anos como “Scribbly & the Red Tornado”. Em 1944, a DC Comics absorveu a All-American Publications, e a personagem ficou relegada a breves aparições.

Note que, nos quadrinhos originais da década de 1940, Ma Hunkel é uma mãe trabalhadora cujo traje consiste em calças compridas e uma panela na cabeça. A popularidade da personagem era tal que ela recebeu uma participação especial na primeira aventura da Sociedade da Justiça da América, visitando sua sede mas sendo forçada por um acidente humorístico: suas calças rasgadas, saindo sem ter a chance de se inscrever. Histórias posteriores da Sociedade da Justiça declararam Ma como um membro honorário da equipe.

Tornado vermelho. Fonte: DC (divulgação)
Tornado vermelho. Fonte: DC (divulgação)

Já o Tornado Vermelho publicado inicialmente em 1968 era um androide senciente e capaz de gerar ventos com a velocidade de um tornado, permitindo-lhe voar e realizar outras façanhas relacionadas ao vento. Ao contrário do Flash ou Superman, que pode criar ventos de alta velocidade por meio de movimento físico (como correr ou girar), Tornado Vermelho é aerocinético, com a capacidade de gerar espontânea e regularmente o movimento do vento em excesso de uma tempestade tropical de categoria 5 (“Força do furacão”) e ventos de tornado F5 (superiores a 512 km/h). Em velocidades mais baixas, eles permitem o voo pessoal através da levitação ‘suave’ de pessoas e objetos, aumentam sua velocidade e criam tempestades. Como um androide, ele pode gerar e manter seus ventos nessas velocidades indefinidamente, nunca se cansando física ou mentalmente com o esforço.

Originalmente membro da Sociedade da Justiça da America, mudou-se para outra dimensão e juntou-se à Liga da Justiça da América. Seu corpo foi danificado e reprogramado em 1981, brevemente com a memória de Ma Hunkel (ao invés de ser senciente) até um supervilão alienígena mais velho (o Campeão do Tornado) habitar o corpo do androide. Em um retcon (adição de material previamente desconhecido ao evento de uma história anterior) de 1984, o Campeão do Tornado nunca habitou o corpo do androide. Em vez disso, o ar elemental ocupou o androide. A poluição do ar tem um efeito adverso no Campeão Tornado/Tornado Vermelho, deixando-o meio louco e em conflito com Naiad contra Tempestade de Fogo e a Coisa do Pântano em “A Guerra Elemental”.

Tornado Vermelho faz suas aparições finais em sua forma original na minissérie Crise nas Terras Infinitas. Ele é transformado em uma poderosa arma por um vilão, mas uma bomba dentro dele explode e destrói o satélite da Liga da Justiça. No entanto, Tornado ainda está vivo nos destroços, se conectando ao computador em terra para aprender mais de si mesmo. Um raio de energia envia os destroços para a Terra, mas Red Tornado envia sua consciência para um satélite de controle meteorológico Laboratórios Star. Uma reinicialização de 2011 do universo DC Comics eliminou o Red Tornado da DC Comics (embora outros personagens tenham sugerido sua existência).

Ciclone. Fonte: DC (divulgação)
Ciclone. Fonte: DC (divulgação)

Ma Hunkel ainda é descrita como a avó de Maxine Hunkel. Sua neta sim é controladora do vento, juntando-se à Sociedade da Justiça da América na publicação de fevereiro de 2007 e posteriormente adotando o pseudônimo Ciclone. Em SJA #5, Ciclone encontra o segundo Tornado Vermelho durante uma visita à Fortaleza da Solidão. Durante a conversa, ficamos sabendo que vários anos antes, o cientista louco Thomas Oscar Morrow pretendia atrair o Tornado Vermelho para uma armadilha de algum tipo sequestrando a neta do Tornado Vermelho original. Quando Hunkel tinha seis anos, Morrow a sequestrou e a injetou com os nanorrobôs que trouxeram suas habilidades de manipulação de vento.

Levaria anos, mas eventualmente Maxine desenvolveu a mesma manipulação do vento que o androide. Ao atingir a idade adulta, ela começou a manifestar habilidades sobre-humanas incomuns. Um espirro destrói a garagem de sua avó e, no dia seguinte, ela acordou dentro de um tornado a 150 metros do chão. A super-heroína aerocinética pode usar seus poderes para gerar ventos fortes ou fracos, (o suficiente para desviar objetos para longe dela) e pode voar simplesmente deslizando ao longo de uma corrente de ar ou criando uma rajada de vento poderosa o suficiente para guiar seu caminho.

Quando a Sociedade da Justiça decide expandir suas fileiras e fornecer treinamento a novos heróis, Maxine é uma das primeiras da lista. Torna-se grande amiga da Stargirl, que ajuda na escolha de seu codinome (dispensam Furacão Vermelho, Zéfiro e Ciclone Kid) e sua fantasia (inspirada em seu filme favorito, O Mágico de Oz). Seu colete e asas foram feitos pelo companheiro de equipe de Ciclone, Jakeem Trovoada.

Stormwatch é uma equipe de super-heróis que aparece nos quadrinhos americanos publicados pela WildStorm. Criada por Jim Lee, a equipe apareceu pela primeira vez em Stormwatch #1 (março de 1993). Eles são administrado por uma organização fictícia das Nações Unidas e supervisionado a partir de um satélite por seu diretor, o Weatherman. Ao ser incorporado pela DC em 2011, Stormwatch torna-se uma organização que protege a Terra de ameaças alienígenas desde a Idade das Trevas, comandada por um grupo conhecido como Shadow Cabinet. Apesar dos nomes, não envolvem diretamente o controle de elementos meteorológicos.

A série de TV The Boys tem como uma grande antagonista uma racista enrustida conhecida como Stormfront (ou Tempesta, na tradução). Sua principal habilidade é sua eletrocinese. Ao utilizar partículas carregadas, ela pode produzir e manipular eletricidade, que costuma usar em combate lançando raios.

Fontes

Compartilhe :)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.