Nimbus – Turma da Mônica

Você sabia que a Turma da Mônica tem um garotinho fã de meteorologia? Seu nome não poderia ser mais apropriado: Nimbus, uma palavra associada a dois tipos de nuvens (a famosa Cumulonimbus e a Nimbostratus). Ele foi criado por Mauricio de Sousa, baseado no seu filho Mauro Takeda de Sousa (atualmente chefe da área de produções na Mauricio de Sousa Produções). Outros personagens foram criados com base no comportamento e aparência de seus filhos e pessoas na vida real. Sua primeira aparição foi em agosto de 1994, no gibi “Mônica” nº 92 e “Parque da Mônica” nº 20.

Capas de ‘Mônica # 92’ e ‘Parque da Mônica # 20’ (1994)

Para quem não conhece, a Turma da Mônica é uma série de histórias em quadrinhos criada pelo cartunista e empresário brasileiro Mauricio de Sousa. Na verdade, começou com os personagens Bidu e Franjinha em 1959 nas tirinhas do jornal Folha da Manhã. Nos anos 1960, apareceram os protagonistas Mônica e Cebolinha. Com o tempo surgiram muitos outros, dando origem até a outras turmas.

Frontispício de ‘Mônica # 92’
Duas páginas da seção “Notícias do Parque” de ‘Parque da Mônica # 20’

Nimbus Hiromashi é filho de Dona Keiko (de ascendência japonesa) e Seu Nimbão (que era meteorologista) e irmão do Do Contra – um garoto que contraia a tudo, de um modo rebelde e experimentador, inspirado em seu filho Maurício. Uma de suas principais características herdadas de Mauro era sua grande curiosidade pela meteorologia. Quando eram crianças, Mauro ficava de olho no tempo, em tudo sobre meteorologia, se a nuvem ia formar tempestade. Ele tinha, inclusive, mania de assistir a um canal de televisão que transmite previsão do tempo o dia inteiro. Sempre perguntava para o seu pai como ia estar o tempo, pois tinha muito medo de trovões (astrofobia).

Ao se mudar para o Bairro do Limoeiro, Cascão se torna um dos seus melhores amigos e se identifica com ele, já que ambos têm medo de ameaças de chuva: Cascão por causa da água (ombrofobia) e Nimbus por causa dos trovões. Sua estreia foi com a história “Dois novos amigos”, com 17 páginas. Nela, Magali comenta com a Mônica que dois garotos se mudaram para o bairro e elas resolvem ir na casa deles para dar boas vindas. Só que o Cebolinha e os meninos ouvem a novidade e tratam de chegarem antes lá para que os novos vizinhos se tornem aliados deles contra a Mônica.

Nimbus e Mônica em um dos quadrinhos da revista “Parque da Mônica” # 20

Nos primeiros anos, com a característica de medo de raios e trovões, existiram histórias que acabaram por ensinar algumas coisas sobre meteorologia. Veja alguns exemplos:

  • “Amizade… ou interesse?” (Cascão # 206, de 1994)
  • “Aquela nuvem que passa lá em cima sou eu” (Cascão # 212, de 1995)
  • “Nimbus, voz de trovão” (Cascão # 225, de 1995)
  • “Fechou o tempo!” (Cascão # 239, de 1996)
  • “A fúria ‘do menino'” (Cascão # 288, de 1998)

Com o tempo, Mauricio de Sousa resolveu mudar suas características e ele deixou de ser o menino com medo de trovão, já que o seu filho verdadeiro não tinha mais esse medo. Então, o personagem Nimbus passou a ser o queridinho das meninas do bairro, que achavam muito bonito e charmoso. Por volta de 1999, mudaram de novo suas características, transformando-o no mágico oficial da turma. Qualquer história envolvendo mágicos, a partir de então, era ele que fazia as mágicas.

Fontes