Trabalhando com temas do WordPress

O sistema de temas WordPress é uma forma de skin do seu site. Isso quer dizer que só o design de seu site é alterado, ficando as informações intactas no banco de dados. Para você não perder as alterações realizadas quando atualizar o tema utilizado, crie um tema filho. Basicamente, você deve criar uma pasta em wp-content/themes/ com o nome do seu tema, crie o arquivo style.css, escreva o cabeçalho adequadamente e escolha esse tema no painel de controle do WordPress. Outros arquivos devem ser copiados integralmente, exceto o functions.php, que é complementar – basta criar o arquivo e adicionar novas funções, sem copiar as funções do tema ascendente. Caso o arquivo esteja dentro de uma hierarquia de diretórios, a mesma sequências de diretórios deve ser reproduzida.

Para incluir alguma coisa na barra lateral (imagem, link, previsão do tempo…), basta copiar o arquivo sidebar.php para essa nova pasta e incluir o novo código. Para eliminar aqueles links no final do post para o anterior e o posterior, deve-se apagar a função/tag que estiver identificada como “Post navigation” no arquivo “single.php” no tema twenty twelve – já no tema ThemeZee/Tortuga, apagar a linha com a função “tortuga_post_navigation()” do arquivo “template-parts/content-single.php”. Caso queira os posts aparecendo em uma ordem aleatória, em vez de mostrar na tradicional ordem temporal inversa, é só inserir a função random_posts() no functions.php.

Caso tenha que fazer pequenas alterações em muitos arquivos, talvez prefira não copiar todos eles. Isso para que as atualizações façam sentido e você não fique com um monte de arquivos desatualizados ou com risco de quebrar o tema. Nesse caso, se for feita alguma atualização no tema ascendente e você quiser refazer alguma alteração, deverá editar o arquivo de novo – seja através do “editor de temas” do painel do WordPress ou diretamente nos arquivos.

Para alterar a cor principal do tema ThemeZee/Tortuga, na versão 1.9 a cor “dd5533” aparece em alguns arquivos. Desses, a maioria não aparece no editor de temas. Assim, a forma mais eficiente de fazer as alterações é localizando os arquivos e fazendo as alterações. Para isso, baixe os arquivos do tema e use os seguintes comandos no terminal:

# Listar arquivos e linhas contendo a string, recursivamente
grep -Rni . -e 'dd5533'
# Substituir a string do exemplo por outra
cd ./wp-content/themes/tortuga/assets/css
sed -i 's/dd5533/1d858c/g' *
# Listar arquivos alterados
grep -Rni . -e '1d858c' | awk -F':' '{print $1}' | sort -u
# Copiar os arquivos alterados para a pasta "~/Downloads"
cp $(grep -Rni . -e '1d858c' | awk -F':' '{print $1}' | sort -u) ~/Downloads

Copie esses arquivos alterados para seu servidor, no mesmo diretório. Se tiver mais diretórios, repita o procedimento.

Outro item personalizável em um tema é o favicon: um ícone que fica ao lado do endereço do site/blog na barra do navegador. Basta criar uma imagem nos formatos gif, jpg, png e bmp, de até 150 KB, que o wordpress transforma em um arquivo favicon.ico. Também precisa inserir usando a interface gráfica do menu “Aparência -> temas -> Personalizar -> Identidade do site”.