BGMs de Chaves e Chapolin

A música incidental, também conhecida como música de fundo ou BGM (do inglês “background music”), é utilizada pra conduzir o sentimento que a cena solicita. Já foi escrito aqui um post sobre a música dos filmes, que aborda mais sobre o tema. Neste, vamos conhecer mais sobre as BGMs utilizadas nas séries de TV Chaves e Chapolin.

Fãs do seriado vêm buscando e coletando informações há anos e compartilhando através de blogs, redes sociais e fóruns. A maioria das informações das BGMs foi disponibilizada através do canal do Youtube BGMsCh, encontradas por usuários do Fórum Único Chespirito e Fórum Chaves, além de visitantes do próprio canal. Um aliado para descobrir nome e autor da música apenas tocando um trecho foi através do aplicativo Shazam: ao abrir um vídeo de um episódio com uma BGM que você queira saber o nome, basta aproximar o microfone do celular da saída de som do computador para que o seu algoritmo faça a identificação.

Algumas músicas de fundo que ouvimos nos episódios foram aproveitadas do áudio original mexicano, mas a maioria foi inserida durante a dublagem pelo estúdio onde foi feita a dublagem da série, a MAGA (atual Marshmallow) nos anos 1980 e 1990. Como não receberam a trilha original pronta, e então utilizou LPs antigos de sonorização de gravadoras, com gravações de vários artistas britânicos e norte-americanos como KPM, Bruton Music e outras. Capas e listas de músicas dos discos Bruton Music – Comedy (1978) e Bruton Music – Kids And Cartoons (1979) pode ser vistas nos links.

Imagens do LP Bruton Music - Comedy
Imagens do LP Bruton Music – Comedy

Imagens do LP Bruton Music - Kids and Cartoons
Imagens do LP Bruton Music – Kids and Cartoons

Os seriados de Bolaños nasceram nos anos 1970 e foram importados ao Brasil no início dos anos 1980. Natural que boa parte da trilha tivesse bastante influência de funk, de soul e principalmente de disco music. Por exemplo:

  • no episódio de Chapolin “O Vazamento de gás”, toca MFSB (grupo da Filadélfia, responsável por um dos primeiros hinos da era disco)
  • no episódio do radinho do Quico, toca “Enchantment – Sunny Shine Feeling”
  • Florinda dançou outro “Mozaik”, do jazzista Billy Cobham, que também contribui com outras músicas como “Come on join me”, “Stratus” e “The Dancer”
  • Xavier Cugat tocando Mambo N° 5″, utilizada no episódio dos gêmeos dançarinos (tá, ela não tem influência desses gêneros, mas se não for pra dançar igual o Villagran, nem dance! rsrs)

Outros exemplos exemplos podem ser vistos no post Um mergulho na rica discoteca de Chaves e Chapolin do site phouse.

Principais compositores das BGMs

Músicas de autores renomados foram utilizadas em alguns episódios. Como exemplo, Ennio Morricone, no episódio do vilão Racha Cuca no Velho Oeste, e John Willians, nos episódios “Uma Múmia Bastante Egípcia” (1975) e “Lobisomem” (1978), além de Elmer Bernstein (música usada na primeira abertura do Chapolin no México) e outros.

Alguns compositores tiveram algumas de suas músicas tocando em vários episódios, geralmente com uma pegada jazz, por exemplo:

  • William Alan Hawkshaw (britânico, 1937-): trabalhou extensivamente para a empresa de produção musical KPM nas décadas de 1960 e 1970, compondo e gravando muitas faixas de ações que foram amplamente utilizadas no cinema e na TV. Nos Estados Unidos, ele também conquistou um single número 1 na Billboard com “Here Comes That Sound Again“, como parte da discofonia de Love De-Luxe With Hawkshaw em 1979. Teve algumas de suas composições tocadas em vários episódios de Chaves, como “Big Dipper” (ep. da falta de água na vila), “Black Mist 1” (ep. Espíritos Zombeteiros), “Braces and Boots”, “By the river”, “Farewell My Lovely” (música triste quando todos vão a Acapulco e Chaves fica sozinho na vila), “Heatwave” (ep. da barbearia), “Laugh a Minute” e “Tubby”.
  • Brian Laurence Bennett (britânico, 1940-): foi baterista do grupo britânico de rock and roll “The Shadows”. Em 1967, Bennett lançou um álbum solo de música jazz, intitulado “Change of Direction Flying Fists”, e outros depois, e também foi nomeado OBE (Oficial da Ordem do Império Britânico) na Lista de Honras de Aniversário da Rainha de 2004 por serviços de música. Sua música “Flying Fists” foi a música de abertura do Chapolin no lote de 1990. As músicas “Holy Mackerel” e as versões de “Pussyfoot” tocaram em vários episódios.
  • Dan Kirsten: várias de suas composições tocaram em diversos episódios, como “Children”, “Holidays” e “Pantomine” (episódio das gravatas do Seu Madruga).
  • David Lindup (britânico, 1928-1992): destaque para “Beginners Please” e “Black Stockings” (episódio “O sonho que deu bolo”, de 1979, no momento em que Paty e Chiquinha servem o bolo ao Chaves).
  • Duncan Lamont (escocês, 1931-2019)- tocava trompete e depois mudou para sax para tocar jazz em estúdio. Ele trabalhou (muitas vezes como solista de destaque) com Henry Mancini, Frank Sinatra, Tony Bennett, Bing Crosby, Fred Astaire e Paul McCartney. Suas músicas “Comedy Situation”, “It’s A Crazy World” e “Wah Wah Blues” tocam em alguns episódios.
  • George Chase (estadunidense, 1909-1972): compôs várias músicas que podem ser ouvidas em outros desenhos animados dublados. “Riding High” e “Pizzicola”, por exemplo, podem ser ouvidas na passagem dos episódios para os comerciais.
  • Helmut Zacharias (alemão, 1920-2002): filho de violinista/maestro e cantora, começou a ter aulas com o pai aos 2 anos e meio. Em 1940, Zacharias foi descoberto por Lindström-Electrola (então nome da filial alemã da EMI) e em 1941 teve seu primeiro sucesso popular com Schönes Wetter Heute. Na década de 1950, ele foi considerado um dos melhores violinistas de jazz da Europa. Continuou compondo sucessos e teve até um programa próprio de televisão, sendo premiado em 1985 com a Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha. Suas músicas são bem marcantes nos episódios, como: “Crazy Violins”, “Fiddler of Hawaii”, “Melodie Perdue”, “Gipsy Strings”, “Sarah”, “The Boy On The Carousel” (ep. do parque de diversões) e “The Tipsy Piano”.
  • Henrik Nielsen: algumas das músicas usadas no seriado são de sua autoria, como”Animal parade”, “Silent movies 2” (ep. espíritos zombeteiros) e “Kooky Clown” (muito usada nas edições da Gaveta Filmes).
  • John Charles Fiddy (britânico, 1944-2017): tem uma discografia com vários solos, fez vários jingles e a triha musical de diversos seriados. Provavelmente as músicas de fundo mais famosas do seriado são de sua autoria. Por exemplo, “Skipping” foi o tema principal do programa nos lote de 1984 e 1988 e “Mum” é a famosa música triste do Chaves.
LP John Fiddy And His Orchestra - Imaginations
LP John Fiddy And His Orchestra – Imaginations
  • Michael Reynolds: possui várias músicas cujos trechos tocam em alguns episódios, particularmente “Much Ado” e “Opening Title” (música original do romance entre Dona Florinda e o Professor, e também abertura do filme Zorro).
  • Pete Ross Winslow: possui várias músicas cujos trechos tocam em alguns episódios, particularmente “All Together Now”, “Goodbye Rodney”, “Hopalong”, “Tea Dance”, “The Dancer”, “Ups And Downs”, “Who Shot The Trompet Player” e “Banjo Billy” (também foi abertura do programa “Topa Tudo Por Dinheiro”).
  • Randall Stuart “Randy” Newman (estadunidense, 1943): compositor, arranjador, cantor e pianista norte-americano que foi dezoito vezes indicado ao Oscar e venceu por duas vezes. Newman é mais conhecido pelos temas de animações da Disney Pixar: Toy Story (1, 2 e 3), Cars e Monsters. Nos seriados, foram muito marcantes as músicas “Atlantic City”, “Clef Club No. 1”, “Clef Club No. 2” e “Ragtime” utilizadas.
  • Tony Hiller (britânico, 1927-2018): músicas “Aperatif”, “Copper On The Beat” e “Sugar”
  • Tony Hymas (britânico, 1943-): começou como coro na Catedral de Exeter e estudou piano na Royal Academy of Music. Foi tecladista da banda Ph.D. e alcançou o Top 10 no Reino Unido com a música ” I Won’t Let You Down” em 1982. Suas composições nos episódios de Chaves e Chapolin foram marcantes, como “Coloured Candles”, “Dreamland”, “Happy Whistler”, “Louis The Moog”, “Puff Along” e “Soft Ilusion”.
  • Werner Muller (alemão, 1920-1998): possui várias músicas cujos trechos tocam em alguns episódios, com destaque para “Danza Triste, Mambo”, “Honky-Tonk Tango” e “Tivoli Melodie”.

Curiosidade: o episódio “O primo do Seu Madruga” (1975) teve uma redublagem em 1990. Na primeira dublagem, o nome do primo era Madroga, e na segunda dublagem, Romão. Um pouco depois de 11:30, quando a Dona Clotilde caminha (dar em cima) para puxar conversa com o primo do Seu Madruga, a 1ª dublagem só tem risadas; já na 2ª, toca a música a versão de Enoch Light da música “Theme from Star Wars“, presente no disco Great Movies Hits – Vol. II. Não bastasse tocar uma versão da música tema de Star Wars, ainda por cima essa música foi abertura do telejornal “Aqui Agora”, do SBT, famoso nos anos 1990 por apresentar o “mundo cão”.

Também merecerem destaque os autores de outras músicas que ficaram famosas no seriado, como (a lista completa está em um link no final do post):

  • Andrew Jackman – Boosy Blues: executada nos episódios “A múmia do museu” de 1975 quando os bandidos falam “Ih!” e saem andando juntos com a múmia
  • Attilio Mineo – Around The World: toca no episódio “O Planeta Selvagem” do Chapolin, enquanto ele está voando com a pedra
  • Bernard Hermann – Marnie Suite I. Prelude: toca no episódio “Uma múmia bastante egípcia” do Chapolin
  • Carl Stalling – Minnie’s Yoo Hoo
  • Craig Safan – músicas usadas no episódio do “Abominável Homem das Neves”, que originalmente fazem parte da trilha do filme “A Hora do Pesadelo 4”
  • Enoch Light & The Light Brigade – Tara’s Theme: famosa música que toca quando o Professor Girafales e a Dona Florinda se encontram. É uma versão raríssima do tema do filme “E O Vento Levou”.
  • James Clarke – músicas “Boots And Laces” e “Pogo Stick”
  • Jean Jacques Perrey – The Elephants Never Forgets: tema de abertura original do Chaves no México
  • Jimmy Page – Hotel Rats And Photostats
  • John Cameron – Boogie Moogie
  • Johnny Pearson – Humorous Nautical Theme: toca nos episódio do lutador de boxe e da catapora (versão de 1976) do Chaves
  • Keith Mansfield – músicas “Hot Dog” e “Major Thrust” (música de quando o Chapolin entra em cena)
  • Leo Delibes – Sylvia Pizzicato
  • Leslie Pearson – One Over The Eight: toca no episódio do porquinho do Seu Madruga enquanto ele tenta escondê-lo do Seu Barriga.
  • Norman John Warren – Stiff Uper Lip: música de quando o Chapolin entra em cena
  • Peter Kelly – Another Fine Mess
  • Ravi Shankar – todas as músicas do episódio “uma múmia bastante egípcia”
  • Robert Thames – Tenderness: executada no episódio “O Dia de São Valentim”, quando o Chaves entrega o cartão ao Seu Madruga
  • Robert Valentino – Hayseed Hoedown: toca no episódio da catapora da Chiquinha de 1975
  • Roger Roger – Marching for Fun
  • Steve Gray – Silly Song: BGM executada no início do episódio “Pedintes em família”, “Parque de diversões” e em diversos outros episódios
  • Toshiko Yonekawa – músicas executadas nos episódios de Chapolin “Karatê, Cara a Cara” (1976) e “Folclore Japonês” (1973)
  • Tom Sawyer – Finale: tema de entrada original de Chapolin Colorado

Por fim, existem vários efeitos sonoros que ficaram famosos, como o som de um lobo uivando, as pancadas que o Chaves leva, as risadas de fundo, as cornetas de abertura do Chapolin e outros.

Tanto as músicas quanto os efeitos sonoros utilizados no seriado podem ser apreciadas diretamente no canal do Youtube BGMsCh. Uma lista de todas as músicas e efeitos sonoros utilizados, com autor, título e descrição de qual episódio aparecem, está disponível nesse link:

BGM’s Chespirito (Chaves e Chapolin) – lista com autor, título e episódios de músicas de fundo e efeitos sonoros

Sugestões e correções são bem vindas!