Atmosferas de Star Wars

Inspirado pelos posts de “Meteorologia em Star Trek” do site Meteorópole (clique no link para lê-los), aqui vai um apanhado de alguns planetas e satélites do universo de Star Wars com foco na descrição de suas atmosferas. A franquia, criada pelo cineasta George Lucas, foi lançada em 25 de maio de 1977 como apenas um filme a acabou ganhando outros filmes, livros, brinquedos etc. Suas história foram acrescentando cenários cada vez mais diversos e curiosos. Entre nessa história que aconteceu “há muito tempo atrás numa galáxia muito distante”.

Bespin

Gigante gasoso com cerca de 118.000 quilômetros de diâmetro, apenas uma fina faixa de atmosfera é habitável por criaturas orgânicas. Suas espécies nativas voam e flutuam nessa região de ar rarefeito como se estivessem nadando em um oceano. Os Velkers, criaturas de dentes afiados, alimentam-se de imensas sacas vivas de gás chamadas Beldons. As beldons podem metabolizar seu gás para formar o gás Tibanna, um vapor especial e valioso, responsável pela construção de colônias flutuantes de extração.

Arriving at Bespin’s Cloud City. Fonte: Reddit – KevlarYarmulke

Um de seus pontos mais visitados desse planeta era a Cidade das Nuvens: uma cidade que flutuava a 60.000 quilômetros do núcleo do planeta e cresceu graças à mineração, com cassinos e hotéis caros em suas camadas superiores e bairros industriais em suas regiões inferiores. Era governada por um Barão Administrador, Lando Calrissian. Tornou-se o ponto central na tentativa de Darth Vader em aprisionar Luke Skywalker. Calrissian foi forçado a trair seus amigos, Han Solo e Chewbacca, mas depois usou Lobot e a guarda da cidade para libertar os Rebeldes.

Dagobah

Planeta úmido, com sua maior parte coberta de pântano raso, intercalado com florestas. Largas copas e grandes árvores petrificadas praticamente eliminam a radiação solar direta na superfícies. O frio e a umidade favorecem a criação de constantes nevoeiros, principalmente próximos às superfícies aquáticas. Lar de muitas criaturas, como asa do brejo, Cobra-Dragão, nudj, Sleens, cobra cipós, e o verme do pântano.

EMPIRE STRIKES BACK Dagobah Poster by JC Richard

Quando do início do Grande Purgo Jedi, mestre Yoda entrou para o exílio nos pântanos de Dagobah depois de um duelo com Darth Sidious.

Hoth

Remoto planeta gelado. Do espaço, parecia uma grande esfera azul pálido, devido a sua densa superfície coberta de neve e gelo. A temperatura caía par os -60°C ao anoitecer. Lá se localizava a Base Echo, sede temporária da Aliança Rebelde até que o Império Galático os encontrassem.

Tatooine

Planeta rochoso desértico em um sistema estelar binário do setor Arkanis na Orla Exterior. Registros fósseis sugerem que estêve coberto pelo menos uma vez por grandes oceanos, que secaram. Dentre suas famosas formações geológicas, estavam o Mar de Dunas, um enorme deserto rico em sódio, o Mushroom Mesa uma formação vasta de pedras gigantes eretas, e o Jundland Wastes, uma região rochosa.

Os dias eram extremamente áridos e luminosos, especialmente durante o Meio-dia duplo. Menos de 1% da superfície do planeta era coberta por água e o nível médio de umidade era de 5,4%. Misteriosos vapores saíam com regularidade do solo onde as areias do deserto encontravam falésias e platôs. Acredita-se a água retida nos veios de arenito, abaixo da areia, e complexas reações químicas, fazem com que a água suba quando o solo esfria e volta para o subsolo com o duplo nascer do sol.

Tatooine. Créditos: Lucasfilm

Serviu como a moradia de Anakin Skywalker e o lugar onde seu filho Luke seria mantido seguro até que estivesse pronto para saber de sua vida e o que se tornaria.

Kessel

Planetóide avermelhado de formas imperfeitas sem atmosfera. Apresenta campos áridos e alcalinos, vulcões ativos e predadores perigosos. O lucro com o glitterstim é mais que suficiente para justificar a criação de grandes fábricas de oxigênio que bombeiam continuamente ar respirável. Túmulos e ruínas antigas, possivelmente de origem Sith, se espalhavam a paisagem.

Fonte: Star Wars Wiki em Português