Doce de leite

O doce de leite é feito a base de leite e açúcar e tradicional em vários países da América Latina. Sua origem é disputada por vários países, principalmente Argentina e Brasil. Em 1996, o Mercosul elaborou um regulamento técnico que determina critérios para a fabricação do verdadeiro doce de leite. Este teria de ter redução de acidez de 17 para 13 graus Dornic (unidade de medida para ... continue lendo [...]

Gênios, sacis e redemoinhos

Se você encontrasse um gênio da lâmpada, quais seriam seus três desejos? Essa pergunta, tão comum na cultura ocidental, tem origem ligada ao mundo árabe, intimamente ligada a um fenômeno meteorológico muito comum em regiões quentes, pouca vegetação e ventos fracos: os dust devils, conhecidos no Brasil como redemoinhos. Gênio A palavra "gênio" vem do Latim genius, que significa ... continue lendo [...]

Octave

O GNU Octave é uma linguagem de alto nível, desenvolvida para computação matemática. O interpretador do Octave trabalha em conjunto com os softwares gnuplot e Grace para plotar e salvar gráficos. Foi escrito em C++ e usa um interpretador para executar os scripts dessa linguagem. Possui compatibilidade com o MATLAB, contando um grande número de funções semelhantes e sendo assim uma opção ... continue lendo [...]

Pão de queijo mineiro

O pão de queijo é uma receita tradicional mineira que acredita-se existir desde o século XVII, mas que ganhou fama após os anos 1950. Apesar do nome, consiste basicamente em um tipo de biscoito de polvilho de consistência macia e elástica. O polvilho (também chamado de fécula de mandioca, carimã ou goma) é o amido da mandioca. Pode ser do tipo azedo após fermentação e secagem solar, ... continue lendo [...]

Rede crossover

É possível montar uma pequena rede entre dois computadores usando um cabo de rede muito barato, chamado crossover (ou cruzado). Desse modo, ficam conectados diretamente, sem auxílio de roteador/hub/switch, e podem compartilhar arquivos, impressora e acesso à internet. Também é muito útil para acessar remotamente um computador que não tenha teclado nem monitor (por exemplo, uma raspberry em ... continue lendo [...]

Piove, piove

Adoniran Barbosa: esse é o nome artístico de João Rubinato (Valinhos, 1910 - São Paulo, 1982), filho de imigrantes italianos de Cavárzere (província de Veneza). Trabalhou como humorista na rádio (emplacou o famoso bordão "nós viemos aqui pra beber ou pra conversar?") mas sua vida ficou marcada como sambista. Provavelmente, seu maior sucesso tenha sido "Trem das Onze", que virou "hino" de São ... continue lendo [...]

Meteorologia e música

As condições atmosféricas, estudadas pela Meteorologia, costumam ser usadas como pano de fundo e metáfora em várias músicas, visando transmitir sentimentos. A música "Chover" do grupo "Cordel do Fogo Encantado" já começa declamando, em ritmo de cordel, uma constatação popular que relaciona o canto do sabiá com as chuvas: "O sabiá no sertão Quando canta me comove Passa três ... continue lendo [...]

Métricas para comparar previsões

Suponha que tenha acontecido 40 casos de nevoeiro em um aeroporto. Um previsor deu 100 avisos de ocorrência de nevoeiro e acertou 30, enquanto outro previsor deu 50 avisos e acertou somente 20 casos. O segundo pode ter acertado menos casos, mas emitiu menos falsos avisos. Como dizer qual previsor é melhor? As tabelas de contingência são usadas para registrar observações independentes de duas ... continue lendo [...]

Criando KML com polígono

O KML (Keyhole Markup Language) é baseado no XML (Extensible Markup Language): uma linguagem de marcação que permite a organização dos dados de maneira estruturada através do uso de tags. Um arquivo nesse formato pode incluir posição e informações de locais a serem sobrepostas em um mapa (como o Google Maps). Veja um exemplo de uma página HTML com código JavaScript para exibir um arquivo ... continue lendo [...]

Soma do infinito

Por Paulo Roberto Roggério A compreensão dos fenômenos de qualquer natureza se dá ou pelo estudo minucioso de uma causa e seu efeito, ou pela compreensão súbita do mesmo fenômeno. No primeiro caso, utilizamos ou o método indutivo, no qual, a partir das causas, percorremos seu caminho factual ou lógico para compreender os efeitos, ou o método dedutivo, no qual apreciamos os efeitos e percorremos ... continue lendo [...]