Aviões mais usados para aprender a pilotar

Além do conhecimento teórico, os aprendizes de pilotagem devem realizar algumas horas para tirar o brevê de piloto privado, piloto comercial ou multimotor. As aeronaves monomotor geralmente utilizadas são listadas abaixo - a última é um bimotor. Alguns aeroclubes, instituições da aviação e até prédios comerciais deixam expostos alguns exemplares que não voam mais como decoração. Paulistinha Produzido ... continue lendo [...]

AT-26 Xavante

O Aermacchi MB-326 é uma aeronave monomotora a jato para o treinamento militar desenvolvida pela companhia italiana Aermacchi. Sua versão brasileira foi denominada EMB-326 Xavante pela Embraer e AT-26 pela FAB. A Aermacchi (originalmente Aeronautica Macchi) é uma indústria aeronáutica italiana fundada em 1913. Sua sede está em Varese, uma comuna situada na região da Lombardia (próximo ... continue lendo [...]

Barreira do Inferno: foguetes e sondas

O Centro de Lançamento da Barreira do Inferno é uma base da Força Aérea Brasileira para lançamentos de foguetes. Fundada em 1965, se tornou a primeira base aérea de foguetes da América do Sul. No que se refere a lançamentos orbitais, em particular equatoriais, o CLBI presta serviços de rastreio e de segurança de veículos satelizadores lançados do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). Está ... continue lendo [...]

Cemitério de aviões

Como o espaço dos aeroportos é reduzido e o aluguel de hangares elevado, os proprietários dos aviões recorrem aos cemitérios. Chamados em inglês de "Aircraft boneyard" (ou "Aircraft graveyard"), são locais amplos, com pistas homologadas e em condições operacionais, com estrutura de manutenção (grande parte ainda recebe manutenção, como lubrificação e acionamento esporádico dos motores). ... continue lendo [...]

Boeings 737 da Vasp

O Boeing 737 é um avião comercial a jato, bimotor, de fuselagem estreita (narrow-body) e corredor único. O primeiro voo de um 737 foi em 1967, sendo a aeronave de maior vendagem na história da aviação civil. As séries 100 e 200 (mais alongada) eram identificáveis pelas naceles (suporte do motor na asa) tubulares de motor, integradas às asas, com projeções à frente do bordo de ataque e ... continue lendo [...]

SAAB Scandia

O único exemplar sobrevivente do Saab 90 Scandia se encontra no Museu de Armas, Veículos e Máquinas Eduardo André Matarazzo, em Bebedouro/SP. O Saab 90 Scandia foi um avião civil de passageiros, fabricado pela Svenska Aeroplan Aktiebolaget (SAAB, depois "Saab"). Fundada em 1937, também começou a produzir automóveis no final da década de 1940 e na computação no final dos anos 1950. Com o ... continue lendo [...]

North American B-25J Mitchel

Um dos bombardeiros mais eficientes da Segunda Guerra Mundial, o B-25 imortalizou-se em 18 de Abril de 1942, quando se tornou o primeiro avião americano a bombardear o Japão. Foi projetado para a Força Aérea do Exército dos Estados Unidos (US Army Air Corps - USAAC) antes da Segunda Guerra. A North American Aviation foi uma empresa fabricante de aviões da década de 1930 até 1967, quando ... continue lendo [...]

Convair CV-240

A Convair foi formada em 1943 pela fusão das empresas norte-americanas Consolidated Aircraft e Vultee Aircraft. Produziu aeronaves como o bombardeiro Convair B-36, os caças F-102 Delta Dagger e F-106 Delta Dart. Ela também fabricou os primeiros foguetes Atlas, incluindo os foguetes que foram usadas para os vôos orbitais tripulados, pioneiros do Projeto Mercury. Durante a Guerra Fria, a Convair ... continue lendo [...]

Curtiss C-46

O "Curtiss C-46 Commando" é uma aeronave de transporte derivada do projeto do avião "Curtiss CW- 20", inicialmente concebido em 1937 com o objetivo de introduzir um novo padrão em pressurização de cabine de aviões. Ele tinha um novo conceito de fuselagem que consistia em utilizar suas seções duplas em formato de bolha (por isso também conhecida como "dupla-bolha") para resistir melhor à diferença ... continue lendo [...]

DC-6

O Douglas DC-6 foi um avião quadrimotor a pistões construído pela Douglas Aircraft Company de 1946 a 1959. Pretendido originalmente como um avião militar perto do fim da Segunda Guerra Mundial, foi modificado para competir com o Lockheed Super Constelation no mercado de transporte de longo alcance. O DC-6A foi uma adaptação ao modelo original, com maior capacidade e autonomia, assim como ... continue lendo [...]