Que documentação você precisa para viajar para o Canadá?

Com a alta do dólar americano no Brasil e os altos custos das passagens aéreas para os destinos tradicionais, muitos brasileiros estão buscando novas opções nos catálogos de viagem, e com isso, o Canadá tem se tornado uma excelente opção para quem quer conhecer lugares maravilhosos e economizar um pouco na viagem. Se você está considerando conhecer o Canadá nas suas próximas férias, tire suas dúvidas sobre que documentação é necessária para viajar para as terras mais geladas do continente norte americano.

Você já ouviu falar sobre a Autorização Eletrônica de Viagem (eTa)? Desde de maio de 2017 o processo para obtenção de permissão de entrada em território canadense para estrangeiros foi facilitado, o eTA Canadá é uma autorização de viagem eletrônica que dispensa a solicitação de visto de entrada para o Canadá para quem possui visto de turista americano valido ou tenha tirado visto para visitar o país há cerca de dez anos, desde que a entrada seja feita por via aérea.

Esse documento é emitido de forma online pelo site da imigração canadense e chegará no email cadastrado durante o processo, em alguns casos, pode vir a demorar dias para que a solicitação seja deferida. Fique atento, é recomendável que a solicitação da permissão seja feita antes da reserva de voo junto à companhia aérea e com antecedência, já que não é estipulado um prazo fixo para o atendimento da solicitação, mas em boa parte dos casos, ela costuma ser aprovada em poucos minutos.

Basicamente, o processo é de fato menos burocrático que a obtenção do visto canadense ou estadunidense, e dispensa as longas filas de entrevistas no consulado. Se levar em consideração que o processo de obtenção de visto turístico canadense pode se arrastar por meses, a solicitação do eTA pode facilitar muito mais a entrada no país e diminuir o tempo de espera drasticamente.

Para quem não possui um visto americano ou tenha tirado visto canadense há menos de dez anos, é necessário iniciar o processo de aquisição do visto do princípio. Para solicitar o visto de turista, é necessário reunir a documentação exigida: Passaporte, uma foto 3×5 recente, e comprovantes de renda. Com a documentação em mãos, é preciso preencher os formulários que podem ser encontrados no site do governo canadense, e apresentar os comprovantes de quitação das taxas de visto, que custa em cerca de 100 dólares canadenses + a taxa de prestação de serviço do VAC.

Além disso, é necessário também agendar uma visita em um CVAC (Visa Aplicativo Center) para colhimento da impressão biométrica, que é exigida para brasileiros que nunca foram ao Canadá, que custa em torno de CAD$ 85,00. No Brasil, os CVACs estão situados em capitais como Rio de janeiro, São Paulo, Brasília, Porto Alegre, e Recife, e tem a função de auxiliar no processo de obtenção do visto. Caso não houver nenhum empecilho com a análise da documentação, o prazo de emissão do visto de turista e recebimento do passaporte pode ser de cerca de 15 dias, e a validade do visto é de 6 meses.

“Este é um post patrocinado”