Krav Magá: a Arte da Defesa Pessoal

Por Eliana Evangelista Reis

Desenvolvido em Israel, o Krav Magá é a única luta reconhecida como defesa pessoal – não é arte marcial. Seu intuito é fazer uso do próprio corpo em movimentos de ataque e defesa com técnicas simples, rápidas e efetivas, que possibilitem qualquer pessoa independente de idade, sexo ou força física possa se defender de qualquer agressor. Abrange técnicas de luta, defesa contra ameaças com armas de fogo, facas, agarramentos, bastões e golpeamentos.

Criador do Krav Magá, Imi Lichtenfeld, e Yaron Lichtenstein. Fonte: Wikipedia

As técnicas foram desenvolvidas por Imi Lichtenfeld, que tinha conhecimento de diversas artes marciais. No início, ele ensinou seu sistema de luta em Bratislava para ajudar a comunidade judaica, que passava por opressões nazistas na época. Mais tarde, imigrou para Israel, onde aperfeiçoou seus conhecimentos e começou a realizar o treinamento das Forças de Defesa de Israel.

Em 1970, ele saiu do serviço militar, mas continuou monitorando a instrução de Krav Magá na esfera militar. Ele também trabalhou no aperfeiçoamento e adaptação do Krav Magá para atender necessidades civis.

Conceitos Básicos

Tanto homens como mulheres podem praticar o Krav Magá. Não existem regras nem competições, já que o principal objetivo é eliminar a ameaça fazendo uso de todos os recursos disponíveis.

Cerimônia de entrega de faixas. Foto: ViniRoger

Durante o treinamento, os alunos são orientados para observarem seu entorno e assim detectarem uma situação de perigo, antes que a agressão ocorra. Eles também aprendem a lidar com cenários onde um diálogo já seria o suficiente para evitar a violência – sempre que possível, evite o confronto.

O condicionamento físico também é uma parte muito importante. O treinamento é dividido em duas partes: aeróbica e técnica. São utilizados alguns objetos durante o aprendizado, como luvas protetoras e outros equipamentos de proteção pessoal. Cenas do dia a dia são utilizadas para treinar as pessoas, como ataque dentro de um coletivo, brigas de rua e violência doméstica. Estes cenários ensinam os estudantes a ignorar distrações paralelas e focar na agressão. Existem outros meios de treinamento, como ataque em grupo, ameaça com faca e bastão e ataque em ambiente confinado, além de treinamentos em ambientes externos, em locais variados.

O Combate

A visão do Krav Magá é permitir que qualquer indivíduo possa exercer seu direito à vida. Suas técnicas já foram adotadas por instituições do mundo inteiro por sua eficiência em combate.

Demonstração de instrutores durante cerimônia de entrega de faixas. Foto: ViniRoger

Alguns de seus conceitos são:

  • Ser o mais rápido;
  • Manter o peso no lugar que terá contato com o alvo;
  • Atingir os pontos sensíveis do corpo;
  • Evitar ser atingido;
  • Usar objetos que estejam próximos;
  • Mudar de defesa para ataque rapidamente;
  • Usar os reflexos naturais do corpo;
  • Neutralizar o alvo;
  • Ser objetivo.

Alguns vídeos com demonstrações e entrevistas podem ser vistos nos links a seguir: