Computador de voo

Ao falar “computador de voo”, a primeira imagem que vem à cabeça é a de um super computador acoplado a uma aeronave para realizar todos os cálculos necessários ao voo, com leds, processadores, circuitos… Na verdade, ele está bem mais perto de uma régua de cálculo do que um aparelho eletrônico. A régua de cálculo era muito utilizada para realizar operações matemáticas antes de existir a calculadora. Ou seja, algumas funções do computador de voo podem ser substituídas por uma calculador ou mesmo programas instalados em um celular (tem um aplicativo para android com um computador de voo), porém existem outras funções bem interessantes.

FlightComputer

O computador de voo é um instrumento básico que resolve os principais cálculos de navegação aérea. As duas faces ou lados que possui são chamadas de face “A” ou “de cálculo” e face “B” ou “do vento“. A face “A” possui um círculo móvel que tem em sua periferia uma escala graduada de 10 a 100, além de janelas com diversas finalidades. O círculo externo é igualmente graduado. A face “do vento” possui uma Rosa dos Ventos móvel e, quando os cálculos forem efetuados neste lado, para o caso do computador ser o “de régua”, esta deverá estar inserida no computador. Os exercícios envolvidos nesse caso seguem basicamente a composição vetorial de Prova Verdadeira (PV), Velocidade do Vento (VV) e Rumo Verdadeiro (RV), com as respectivas intensidades de Velocidade Aerodinâmica (VA), Desvio de Rota (DR) e Velocidade de Solo (VS). Veja o diagrama:

vetores

Clique em face A para utilizar interativamente online a face “A” do computador de voo (animação em Flash), e clique em face B para utilizar a outra face. Segue também um exemplo de uso da face de ventos (1° vídeo) e da face de cálculos (2° vídeo).

Lembrando que existe a Velocidade Indicada (VI), lida no velocímetro (obtida a partir da pressão dinâmica), e a Velocidade Aerodinâmica/Verdadeira (V), que é a velocidade do avião com relação ao ar.

Tem um livro com tutoriais muito bons, o Navegação Visual para Piloto Privado (ed. Bianchi). Dizem também que o livro do instrutor Titus Roos de navegação é muito didático.