Um salto da estratosfera

No dia 14 de outubro de 2012, em Roswell (Estados Unidos), foi realizado o salto da estratosfera, de uma altitude de mais de 39 mil metros, atingindo 1.342,8 km/h e quebrando a barreira da velocidade do som. O austríaco Felix Baumgartner, de 43 anos, tornou-se o primeiro ser humano a realizar o feito em queda livre, sem ajuda mecânica. Também quebrou outros dois recordes: fez o salto de paraquedas da maior altura já registrada e subiu de balão ao ponto mais alto já registrado.

salto_estratosfera

Veja o vídeo abaixo com um resumo da “missão”. Foi levado até a estratosfera em uma resistente cápsula pressurizada, após várias horas de atraso devido às condições climáticas. A ascensão da cápsula, feita por um balão gigante com gás hélio, durou 2 horas e 35 minutos. A cápsula teve de sofrer uma lenta despressurização para igualar a pressão interna com a externa, sendo que o atleta utilizou roupa “de astronauta” devido ao ambiente inóspito com baixa pressão atmosférica. Depois que abriu, já na estratosfera, o atleta ficou alguns minutos apenas com as pernas para fora. Em seguida, permaneceu alguns segundos olhando para fora da cabine e finalmente se jogou e começou a queda livre antes de abrir o paraquedas.

Todo o evento foi transmitido ao vivo pelo youtube, sendo possível acompanhar a altitude (em pés), pressão do ar e temperatura ambientes. A velocidade estimada da queda livre chegou a ultrapassar os 1.200 km/h nos primeiros 40 segundos, ultrapassando os 1.100 km/h da velocidade do som na estratosfera, onde a resistência do ar é menor. Ele ficou exatamente 4 minutos e 19 segundos em queda livre, até que abriu o paraquedas e chegou ao solo em segurança. Foram 5 anos de preparação física, técnica, emocional e comercial (já que teve um patrocinador).

Fonte: UOL