Carros da Lada no Brasil

A AvtoVAZ (de “Volzhsky Avtomobilny Zavodé“) é uma montadora de automóveis russa sob controle estatal fundada em 1966. No entanto, é mais conhecida mundialmente através de sua marca Lada: denominação adotada nos anos 60 quando operou em parceria com a Fiat. Uma cidade nova, Tolyatti, nomeada após o líder do Partido Comunista italiano Palmiro Togliatti, foi construída em torno da fábrica na União Soviética. Em março de 2008, a Renault comprou uma participação de 25% na AvtoVAZ, sendo que a aquisição foi concluída em 2014 através de controle indireto da “Renault-Nissan Alliance”.

Com a abertura da importação pelo então Presidente Fernando Collor de Mello, em 1990 o Brasil começou a importar alguns modelos da União Soviética. Eram conhecidos por serem baratos e robustos, mas de design ultrapassado (muitas linhas retas) e com problemas em sua “tropicalização”: adaptações de carburador para a gasolina brasileira e o álcool. Até 1995, foram vendidas 70 mil unidades. Nesse ano, uma alteração na cobrança do imposto de importação de automóveis prejudicou empresas que não tinham fábricas no país.

Esses foram os modelos importados para o Brasil (nome entre parênteses no texto):

Riva / Laika

O Lada Riva modelo ficou famoso no leste da Europa, sendo um carro econômico vendido em grandes quantidades durante os anos de 1980-90. No Brasil, foi chamado de Lada Laika. Foi produzido com base no pequeno sedã Fiat 124, sendo vendido em versões sedan (VAZ-2105) e station wagon (VAZ-2104). Introduzido no mercado em 1980 sob licença da Fiat, encerrou sua produção no primeiro semestre de 2012.

Sputnik / Samara

Carro compacto, produzido em versões de 3 (VAZ-2108), 4 e 5 (VAZ-2109) portas entre os anos de 1984 e 2013. O nome do modelo Samara originalmente foi usado apenas para modelos exportados; na Rússia, o mesmo modelo foi chamado Sputnik (que significa “companheiro de viagem”) até 1991, quando a versão sedan da Samara entrou em produção, usando o nome da exportação.

Niva

Jipe russo compacto e rústico (VAZ-2121), precursor dos SUVs. Com tração 4×4 integral e permanente, com diferencial central, semelhante ao dos veículos Land Rover. Isso o tornava superior aos populares jipes nacionais da Gurgel, concorrentes diretos, mas que foram descontinuados com a falência desta. A versão Pantanal era mais equipada, feita exclusivamente para o Brasil.

Por não estar mais à venda no Brasil desde 1999, quando foram importados num pequeno lote por uma ex-revendedora, o Niva é atualmente uma raridade em nossas ruas e estradas. No entanto, ele segue tendo seus apreciadores que são chamados “niveiros”.

O Niva atual, agora nomeado Lada 4×4, continua sendo fabricado na Rússia, porém com um preço bem mais salgado. A Lada fabrica novos modelos, com um design mais próximo ao da maioria dos carros atualmente. Dentre eles, estão: Kalina, Granta, Vesta, Priora, Largus, X-Ray.