Bebeu? Quanto tempo deve esperar para dirigir?

Por Gustavo Fonseca – Doutor Multas

O aplicativo Motorista Consciente, criado pelo Doutor Multas, já está disponível para download no Google Play. Através desse app, o usuário calcula a hora estimada em que poderá dirigir após beber. Com apenas três passos simples, o condutor tem acesso a esse dado, evitando, assim, riscos no trânsito e problemas outros, como ser pego na blitz da Lei Seca.

O Motorista Consciente foi lançado no mesmo ano em que a Lei Seca completou 10 anos de existência no Brasil. Desde que entrou em vigor, essa lei alterou a legislação quanto à tolerância ao consumo de álcool por condutores, estabelecendo que qualquer quantidade de álcool no organismo enquadra-se como uma infração de trânsito.

Sendo assim, saber o tempo de espera entre bebidas alcoólicas e volante (que não é o mesmo para todas as pessoas) é essencial. Afinal, em muitos casos, o condutor já não sente nenhum efeito físico característico do consumo de bebida alcoólica, mas, ainda que se sinta apto a dirigir, há uma quantidade dessa substância em seu organismo – o que caracteriza uma infração.

O app do Doutor Multas não substitui testes técnicos, mas é uma ferramenta útil para auxiliar condutores a calcular quanto tempo devem esperar para voltar a dirigir depois de ingerir algum tipo de bebida com álcool. Se você ainda não baixou o app, faça o download agora mesmo e tenha em seu celular um novo aliado para trafegar em segurança!

Como funciona o aplicativo Motorista Consciente do Doutor Multas?

O app Motorista Consciente é gratuito e está disponível para download exclusivamente para sistemas Android. Para instalar o app, basta buscá-lo no Google Play ou na Play Store e fazer o download.

Como já dissemos, o app Motorista Consciente do Doutor Multas calcula o tempo aproximado que o condutor deve esperar para poder voltar a dirigir em segurança, depois de ter ingerido algum tipo de bebida alcoólica. O app trabalha por estimativa, cruzando informações fornecidas pelo usuário.

O Motorista Consciente tem uma plataforma simples e de fácil acesso. Para calcular o tempo de espera, o usuário deve passar por apenas três passos, informando os seguintes dados:

  • idade, sexo e peso aproximado;
  • quais foram as bebidas alcoólicas ingeridas e em qual quantidade;
  • quando começou a beber.

Através da combinação desses dados, o app calcula e fornece o tempo estimado que o condutor deve aguardar antes de voltar a dirigir. Além disso, o app contém o tópico “como agir em uma blitz”, com informações sobre o que fazer e o que não fazer caso o condutor seja parado numa blitz da Lei Seca.

É importante lembrar que o app do Doutor Multas, embora seja uma ferramenta útil para quem quer agir como um Motorista Consciente, não substitui testes técnicos e não pode ser utilizado como prova legal.

O que é a Lei Seca?

Em junho deste ano, a Lei Seca completou 10 anos no Brasil e, desde que entrou em vigor, esteve na lista das leis de trânsito mais comentadas pela mídia. A “Lei Seca” é, na verdade, a Lei Nº 11.705/2008, que modificou os Artigos 165 e 276 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), como podemos ver na redação a seguir:

“Art. 1o  – Esta Lei altera dispositivos da Lei no 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, com a finalidade de estabelecer alcoolemia 0 (zero) e de impor penalidades mais severas para o condutor que dirigir sob a influência do álcool (…)”.
Sendo assim, ao modificar os Artigos já citados, a Lei Seca implementou, no Brasil, a intolerância a qualquer quantidade de álcool no organismo de condutores. Em outras palavras, desde 2008, o condutor que dirigir sob influência de álcool está cometendo uma infração, independentemente de qual seja a quantidade dessa substância em seu organismo.

Com todas as modificações trazidas pela Lei Seca, os artigos alterados passaram a ter as seguintes redações:

“Art. 165.  Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência:
Infração – gravíssima;
Penalidade – multa (cinco vezes) e suspensão do direito de dirigir por 12 (doze) meses;
Medida Administrativa – retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado e recolhimento do documento de habilitação.
Art. 276.  Qualquer concentração de álcool por litro de sangue sujeita o condutor às penalidades previstas no art. 165 deste Código.
Parágrafo único.  Órgão do Poder Executivo federal disciplinará as margens de tolerância para casos específicos.’”

Dirigir embriagado: o que dizem as estatísticas no Brasil?

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), já foram registrados mais de 300 óbitos no país devido a acidentes causados por embriaguez no volante somente no primeiro semestre de 2018. Números como esse foram alguns dos motivos que levaram o país a adotar medidas mais severas em relação ao consumo de álcool, medidas como, por exemplo, a Lei Seca.

Ainda assim, segundo o Ministério da Saúde, a Lei Seca trouxe uma queda de apenas 2,4% no índice de mortes no trânsito nestes dez anos nos quais está em vigor: índices preocupantes e que ajudam a colocar o Brasil no ranking dos países com mais mortes no trânsito (segundo a OMS).

Os números são altos, o que aumenta a necessidade de adotar uma postura prudente no trânsito, evitando dirigir sob efeito de álcool. Quando há qualquer dúvida sobre as suas condições após beber (se você ainda se sente embriagado), o melhor é não dirigir. Se você já se sente bem e apto a dirigir, use o app do Doutor Multas e confira se o tempo de espera aproximado calculado pelo app foi obedecido por você.