Tá chovendo m…

Em julho de 2021, um avião despejou uma “chuva de excrementos” no jardim de um inglês que vive em Berkshire – próxima da rota de voos para o aeroporto de Heathrow, um dos maiores do mundo. Em declarações ao fórum de aviação do “The Royal Borough Of Windsor & Maidenhead”, a vereadora Karen Davies disse que foi contatada por um contribuinte e ficou “horrorizada” ao saber do “terrível” incidente. Ela explicou que o “jardim inteiro da casa, seus guarda-sóis e o próprio homem ficaram todos cobertos” de excrementos.

Os banheiros dos aviões armazenam dejetos humanos em tanques especiais, que normalmente são esvaziados assim que o avião pousa. Aeronaves modernas têm banheiro a vácuo, por isso são muito seguras e bem vedadas. Veja um pouco desse funcionamento no vídeo a seguir:

O problema é a junção a vácuo entre o mecanismo do banheiro e o tanque de armazenamento. Não é possível existir uma vedação 100% estanque, pois a aeronave passa por vários níveis de pressão e é necessário um pouco de flexibilidade.

Essa massa de excrementos precipitante é denominada gelo azul, pois é uma mistura de urina e desinfetante. Um homem que viu uma dessas quedas de gelo azul, Paul de Iver, descreveu sua experiência para a BBC:

“Eu estava saindo do Hospital Princesa Margaret e um jato da Air Canada sobrevoou Heathrow (…) E um pouco de gelo do banheiro caiu do chassi da aeronave e cortou dois ou três galhos de um pinheiro a cerca de 3,6 metros à minha frente”

Como o tempo quente estava mais quente e a aeronave não estava muito alta, isso explicaria o excremento caindo mais “fluido” no caso de Berkshire.

Outras ocorrências

Esse tipo de ocorrência é cada vez mais rara, devido aos avanços tecnológicos. A Autoridade de Aviação Civil da Grã-Bretanha disse à BBC, em 2016, que cerca de 25 quedas de “gelo azul” são relatadas todos os anos nos 2,5 milhões de voos anuais sobre o espaço aéreo do Reino Unido. No entanto, isso pode acontecer em vários lugares.

Houve pelo menos 27 incidentes documentados de impactos de gelo azul nos Estados Unidos entre 1979 e 2003. Esses incidentes normalmente acontecem em caminhos de aterrissagem de aeroportos, pois a massa aquece o suficiente para se separar do avião durante sua descida.

Em 1971, um pedaço de gelo de uma aeronave abriu um grande buraco no telhado da Capela da Essex Street em Kensington, Londres, e foi um dos gatilhos para a demolição do prédio. Outro incidente com queda de gelo azul causando danos ao telhado de uma casa foi relatado em 20 de outubro de 2006 em Chino, Califórnia. Um incidente semelhante foi relatado em Leicester, Reino Unido, em 2007. Em fevereiro de 2013, uma bola de gelo azul do “tamanho de uma bola de futebol” quebrou o telhado de uma estufa em Clanfield, Hampshire, causando cerca de 10 mil libras em danos.

Em 2015, Joe Cambray, de Levittown (Pensilvânia, EUA), disse a uma estação de TV local que a festa de aniversário de 16 anos de sua enteada foi arruinada quando “algo desagradável choveu na festa”. Em outubro de 2016, um pedaço de gelo abriu um buraco em uma casa particular em Amstelveen, Holanda. Em dois incidentes em maio de 2018, pedaços de gelo azul caíram sobre os residentes de Kelowna, na Colúmbia Britânica. Em novembro de 2018, um pedaço de gelo caiu do céu e atingiu o telhado de uma casa em Bristol (Inglaterra).

“Analisando as coordenadas geográficas e imagens de radar, podemos apontar a aeronave comercial que deixou cair os pedaços de gelo dos materiais do lavatório durante o voo”, afirma BK Srivastava, consultor de aviação de Delhi. Sua declaração foi a respeito da ocorrência na vila de Aamkhoh no distrito de Sagar em 17 de dezembro de 2015. Talvez tenha sido o primeiro incidente na Índia, onde uma pessoa sofreu ferimentos devido à queda de gelo de um avião que passava. A vítima, Rajrani Gaud, está viva apenas porque o pedaço de gelo de 50 kg caiu na borda do terraço de sua casa antes de atingi-la. O incidente ocorreu nas coordenadas geográficas 23°14’03.39″N, 78°53’06.08″E, que fica logo abaixo da rota dos serviços de tráfego aéreo de A-791 (Karachi-Kolkata-Bangkok), onde a aeronave podia ser vista voando regularmente com o céu claro.

Em 5 de abril, dois enormes pedaços de gelo caíram no vilarejo de Nausar, no distrito de Harda. Embora ninguém tenha se ferido, houve pânico entre os aldeões, que acreditavam que era a ira de sua divindade por quebrar uma tradição milenar. Parmanand Khodre estava trabalhando em sua fazenda quando a bola de gelo, pesando 100 kg, caiu em um campo vizinho por volta das 23h45 com um baque. Quando outro caiu após dois minutos, ele foi atraído para o local pela ansiedade. Muitos aldeões que se reuniram no local sentiram o mesmo. Alguns até levaram pedaços quebrados para casa. Este incidente foi localizado nas coordenadas geográficas 22°28’24″N e 77°12’29″E.

Blue ice que caiu em Pakdaha, Índia. Foto: divulgação twitter
Blue ice que caiu em Pakdaha, Índia. Foto: divulgação twitter

Um grande bloco de gelo de cor azul pesando cerca de 8 a 10 Kg caiu em uma casa em Pakdaha sob a delegacia de Sashan no distrito 24 de Pargana (WB) em 13 de outubro por volta das 7h30. O pedaço de gelo quebrou em pedaços e começou a derreter. Uma grande multidão se reuniu para assistir ao incidente e muitas pessoas tiraram selfies e fotos em seus celulares. O bloco de gelo derreteu depois de algum tempo. Muitas pessoas coletaram amostras de gelo e líquido sem saber que poderia ser um vazamento de dejetos humanos congelados de um avião que passava. Funcionários da Pesquisa Geológica da Índia coletaram as amostras de gelo/líquido com o objetivo de testá-las. As coordenadas geográficas do local do incidente são encontradas como 22°40’55″N, 088°34’12″E. Este lugar está localizado a leste de Netaji Subhash Chandra Bose International Airport Kolkata, a uma distância de cerca de 10 km.

Acredita-se que uma bola de gelo azul caiu sobre uma vila no estado de Haryana, no norte da Índia, em janeiro de 2018. O pedaço de 10 quilos caiu na vila de Fazilpur Badli com um “grande estrondo”.

O pedaço de gelo azul que caiu na vila de Fazilpur Badli (norte da Índia). Foto: Guargaon Police
O pedaço de gelo azul que caiu na vila de Fazilpur Badli (norte da Índia). Foto: Guargaon Police

Fontes

Compartilhe :)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.