Histórias de sebos

O sebo (ou alfarrábio) é o nome popular dado a livrarias que compram, vendem e trocam livros usados. A origem mais provável desse apelido vem da ideia de que livros muito manuseados ficam ensebados/sujos/engordurados. Em um sebo, é comum encontrar publicações a preços mais baixos e em diferentes estados de conservação, assim como livros raros, curiosos e até mesmo com autógrafos e anotações que contam muito da história do próprio livro.

O Sebo do Messias é um dos mais tradicionais e populares de São Paulo, funcionando desde 1970 no centro (Praça Doutor João Mendes). Além de seu acervo de 200 mil livros, oferece CDs, DVDs, fitas e LPs. Fundado por Messias Antonio Coelho, também realiza vendas on-line por meio do site www.sebodomessias.com.br. Para não correr o risco de que mais de um cliente comprasse o mesmo livro, criou duas bases distintas – uma só física e outra só virtual. Nessa reportagem do UOL, é possível ver alguns objetos raros encontrados dentro de livros nesse sebo.

Exemplar da Revista de Ensino de Física (ilustração de Mário Schenberg feita por H. Moysés Nussenzveig)

Em minhas idas a vários sebos de São Paulo, estive em um que ficava na Vila Mariana (cruzamento das ruas Domingos de Morais e Sena Madureira) e encontrei um exemplar da Revista de Ensino de Física. Como tinha um artigo falando sobre lançamento de projéteis que muito me interessava, adquiri o livro.

Quando o abri, percebo que tinha uma carta esquecida lá dentro. Ela foi enviada pelo então presidente da Embraer, Ozires Silva, enviada ao físico brasileiro Mário Schenberg, declinando de um convite a um evento de entrega de um prêmio ao famoso físico brasileiro, devido a outra cerimônia: a apresentação oficial do avião Brasília.

Outro livro interessante (e muito importante na minha graduação) que adquiri em um sebo foi o “Curso de Física Básica“, de H. Moysés Nussenzveig. O exemplar é de uma edição que todo o conteúdo foi escrito e ilustrado a mão. As edições seguintes foram digitalizadas, mas esse sobreviveu.

Exemplar do “livro do Moysés” escrito a mão

A Amazon.com surgiu trabalhando com a venda de livros usados, o que faz até hoje. Nela, é possível encontrar os mais variados livros e edições, alguns inexistentes no Brasil. O exemplar abaixo eu adquiri importando dos EUA, com preço de $0.99. É um compilado sobre fenômenos estranhos naturais documentados por pessoas do mundo todo.

“Handbook of unusual natural phenomena”, ilustrando uma tartaruga encontrada dentro de um granizo (interior do livro) e um compilado com raios bola, fogo de Santelmo saindo das mãos e auroras boreais

Em um sebo no centro de Santo André, encontrei essas agradáveis surpresas na área de aviação. O “Fundamentos da Engenharia Aeronáutica” estava novinho e é muito bom para introduzir conceitos de Física e Engenharia da construção de aviões. Já o “Veja como funciona! O avião” é um daqueles livros para crianças, com partes móveis que permitem brincar com o livro (comuns em tempos “pré-aplicativos de celular”). Com essa interação, é possível entender melhor os movimentos de um avião e como se forma a sustentação em uma asa. (Ainda estou na dúvida se comprei esse segundo livro em um sebo da Pedroso de Morais, perto do cruzamento com a Teodoro Sampaio – outra região com vários sebos em São Paulo, como o clássico Red Star).

Livro “animado” aberto na página dos movimentos do avião e o livro “Fundamentos da Engenharia Aeronáutica”

A Samantha, do Meteorópole, escreve bastante no site dela sobre livros e adora ler. Veja essa história que ela conta sobre um livro muito especial em sua vida:

Eu era uma ávida frequentadora de sebos até pouco tempo atrás, quando ainda não tinha o meu filho. Quando eu era estudante, por dispor de mais tempo, eu frequentava mais ainda. Por ser grande fã de ficção científica, eu ia até esses lugares para procurar livros do tema. Encontrei muita coisa interessante, algumas com preços ótimos (Crônicas Marcianas por apenas 2 reais) e encontrei também itens mais caros, por serem de edições raras.

Lembro que comprei O Morro dos Ventos Uivantes no sebo, de uma edição impressa na Espanha (embora estivesse em português). Edição linda, capa dura e em excelente estado. Li o livro com muito cuidado e tornou-se um de meus livros favoritos. Eu gostava tanto daquele livro que pensei que um dia eu gostaria de presentear alguém especial com ele, alguém que gostasse de ler também e alguém que eu amasse. Claro que o livro não é uma história romântica e não é disso que se trata: trata-se de um clássico e do amor pela literatura.

Acabei presenteando meu namorado que atualmente é meu marido e pai do meu lindo filho. <3

Antigamente, precisava ligar em vários sebos perguntando sobre o livro, por vezes dependendo da memória do vendedor se o livro estava lá ou não. O mais seguro era ir pessoalmente e procurar nas seções em que poderia estar – sim, já encontrei livros de auto-ajuda na seção de Física. Não era garantido que estivessem ordenados, em alguns lugares por sobrenome de autor, em outros por título.

Atualmente, alguns sebos possuem sites próprios, mas o que facilita mesmo a vida dos leitores são os agregadores de sebos. O mais conhecido deles é o Estante Virtual. Criado em 2005, foi adquirido pela Livraria Cultura em 2017 e pelo Magazine Luiza em 2020.

A Estante Virtual permite a busca em vários sebos do país todo e compra em uma plataforma unificada. Assim, você pode escolher os livros de diferentes sebos e pagar tudo de uma vez só – cada sebo com seu respectivo frete. Assim, deve-se pesquisar bem para encontrar o equilíbrio entre valor baixo do livro e menor frete. Às vezes, é melhor pagar um pouco a mais no valor de um livro se o frete for bem menor – ou melhor, se esse livro for do mesmo vendedor de outro que você já tenha escolhido.

Além dos livros usados serem mais baratos, geralmente estão em bom estado suficiente para uma leitura prazerosa. Muitos livros nem são mais vendidos nas livrarias tradicionais por terem suas últimas edições esgotadas. Além disso, você também contribui para a economia circular, onde um bem que não é mais utilizado por outro pode ser usado por você e sem extração de mais recursos da natureza, patrocinando pequenos e médios livreiros de todo o país.

Espalhe a mensagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.