Mirantes de São Paulo

A cidade de São Paulo pode ser vista do alto a partir de prédios e picos. Veja alguns exemplos (álbum de fotos no final do post):

Edifício Altino Arantes visto a partir do Prédio Martinelli. Foto: ViniRoger.

Edifício Altino Arantes visto a partir do Prédio Martinelli. Foto: ViniRoger.

Edifício Altino Arantes

Também conhecido como Edifício do Banespa, foi construído a partir de 1939 para sediar o Banco do Estado de São Paulo (Banespa). Foi durante mais de uma década o mais alto da cidade (161 metros), até ser superado pelo Mirante do Vale (170 metros), em 1960 – em 2014, foi inaugurado o Millennium Palace, em Balneário Camboriú, ultrapassando o Mirante do Vale em 7 metros e tornando-se o mais alto edifício do Brasil. Seu projeto inicial foi alterado para fazê-lo à semelhança do Empire State Building, em Nova Iorque.

Na década de 1960, teve seu nome mudado para “edifício Altino Arantes”, uma homenagem ao primeiro presidente brasileiro do banco, Altino Arantes Marques. Em 1988, um lustre de três metros de altura e 1,5 tonelada foi instalado no hall de entrada do edifício. A Torre Banespa é um dos destaques do edifício. Situada no ponto mais alto do prédio, acessível a partir do 34º andar, ela permite uma privilegiada vista panorâmica da cidade, com um alcance de até 40 quilômetros.

Edifício Martinelli

A construção de alvenaria de tijolos e estrutura de concreto foi iniciada em 1924 e inaugurada em 1929 com 12 andares. Os trabalhos foram retomados e seguiram até 1934, finalizando a obra com 30 andares e 130 metros de altura. Ao terminar, o Martinelli ultrapassou o Edifício A Noite, localizado no Rio de Janeiro, o mais alto arranha-céu do Brasil e da América Latina, que havia sido inaugurado em 1929. Em 1932, durante a Revolução Constitucionalista, abrigou em seus terraços superiores, uma bateria de metralhadoras antiaéreas.

No 26º andar existe um belíssimo terraço do qual se tem uma visão panorâmica da cidade, avistando-se o Pico do Jaraguá, as antenas da Paulista e os milhares de prédios que compõe a paisagem urbana da cidade. Também nesse espaço foi construída a “Casa do Comendador”, réplica de uma villa italiana, onde a elite de São Paulo se reunia em suntuosas festas. Foi construída como moradia da família Martinelli para “provar” ao povo que o prédio não cairia.

Edifício Itália

Seu nome oficial é Circolo Italiano, em homenagem ao clube que ocupava a área antes mesmo da construção do prédio e que hoje está localizado em dois edifícios anexos. Possui 165 metros distribuídos em 46 andares e um dos maiores destaques do edifício Itália é o restaurante localizado no seu topo, conhecido como Terraço Itália. São três salões (dois no andar de baixo e um acima) e um piano bar. À noite, a iluminação é bem fraca para evitar reflexos e não estragar a vista noturna da cidade atrás dos vidros.

A visita somente acontece de segunda a sexta entre as 15h e 16h. Deve-se pegar o elevador até o 37º andar e depois outro até o 41º (todos com ascensorista), onde está o restaurante e de onde se tem a vista panorâmica.

Fica de frente ao edifício Copan, projetado por Oscar Niemeyer em 1951. Apesar de o edifício estar totalmente fora da sua concepção original, podendo ser atribuída a Niemeyer somente a forma exterior, foi inaugurado quinze anos depois. Possui 1 160 apartamentos distribuídos em seis blocos, sendo considerado o maior edifício residencial da América Latina.

Mirante de Santana

A principal estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é também (e justamente por isso) um dos pontos públicos mais altos da cidade. Está a 792 metros do nível do mar e oferece uma vista parcial do bairro da zona norte e do centro da cidade.

Shopping Cidade Jardim

Este centro comercial de alto luxo possui um terraço voltado para os mais recentes grandes edifícios comerciais do país, na região da Marginal Pinheiros. Eles se destacam pela contemporaneidade de edifícios espelhados, com a Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira ao fundo.

Mirante do Jaguaré

Popularmente como “Farol do Jaguaré”, o mirante tem 28 metros de altura e foi inaugurado em 1943 por Henrique Dumont Villares (sobrinho de Santos Dumont). Inspirado após uma viagem à Europa, ordenou a construção no ponto mais alto de suas terras no Jaguaré. Do alto do mirante, é possível contemplar uma boa parte da Cidade de São Paulo e especialmente áreas mais próximas como a Vila Leopoldina e a Cidade Universitária. Uma fotografia 360 graus interativa tirada a partir do topo do mirante pode ser vista no link. Veja mais no site São Paulo Antiga.

Praça do Pôr do Sol

Com o nome oficial de Praça Coronel Custódio Fernandes Pinheiros, fica localizada no Alto de Pinheiros. Ao longe se vê a linha de prédios desenhada no horizonte, atrás de uma faixa de vegetação e na direção do pôr do sol.

Pico do Jaraguá

Ponto mais alto da cidade de São Paulo, eleva-se a uma altitude de 1.135 metros e está situado no Parque Estadual do Jaraguá. Pode-se chegar ao seu cume por uma via asfaltada (Estrada Turística do Jaraguá) e através da Trilha do Pai Zé (1450 metros de extensão). No topo, há duas grandes antenas, sendo uma de televisão, pequenas instalações comerciais e estacionamento.

O ouro do Jaraguá foi explorado até o esgotamento, no século XIX. Ainda hoje existem na entrada do Parque do Pico do Jaraguá uma aldeia formada pelos descendentes de tribos indígenas que moram no local, porém estão em total estado de penúria.

Núcleo Pedra Grande – Serra da Cantareira

Junto com três outros núcleos do parque, forma a maior área de mata tropical numa região metropolitana. A área começou a ser formada há mais de cem anos, com a desapropriação de fazendas de café, chá e cana-de-açúcar que a ocupavam, para recuperar a mata, proteger mananciais e garantir o fornecimento de água de São Paulo. A Pedra Grande, um grande afloramento rochoso de granito, fica a 1.010 m de altitude sendo atingida por uma trilha calçada e bem sinalizada de 9,5 km partindo do Horto Florestal.

MAC – Museu de Arte Contemporânea

Fundado em 1963 na Universidade de São Paulo (USP), o MAC ganhou em 2013 sua segunda sede, em frente ao Parque do Ibirapuera – um complexo arquitetônico criado por Oscar Niemeyer nos anos 1950. Possui coleções modernas e contemporâneas, com importantes nomes como Pablo Picasso, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Lygia Clark. No topo do prédio existe um terraço com vista panorâmica para o Parque do Ibirapuera e arredores, sendo possível observar o Instituto Biológico, prédio da Oca e Obelisco, além da avenida 23 de maio e prédios da região da Avenida Paulista.

Veja mais

Compartilhe o link desse texto, mas se for copiar algum trecho, cite a fonte. Valorize nosso trabalho.
Mais informações na licença de uso do site.

Um Pingback/Trackback