The Mystery of Mys strakha

Em 1947, uma criança, que estava brincando com sua família na praia de Mys strakha (Mar Negro, Rússia), desapareceu em um piscar de olhos. A polícia foi chamada para busca, mas nada foi descoberto. Décadas depois, dois rolos de filme datados do mesmo dia foram encontrados junto de uma câmera cinematográfica antiga, dentro de uma mala de couro surrado que não pertencia à família da jovem desaparecida. A maleta estava abandonada no interior de uma catacumba esquecida pelo tempo e coberta por terra e mato, somente acessível por uma caverna. Os rolos estavam bem danificados pelo tempo e pela umidade, por isso muitos trechos estão faltando.

No primeiro filme, é possível observar a praia da região em um dia nebuloso. As gaivotas observam pacientemente o mar, enquanto somente dois sujeitos estranhos estão na praia: um caminhando na direção do nada e outro aparentemente pescando. Depois, o câmera segue por uma rampa, junto de uma placa com uma caveira onde se lê “RISCO DE MORTE”. O lugar encheu-se rapidamente de um denso nevoeiro, reduzindo a visibilidade a poucos metros. Uma casa antiga de madeira, trens abandonados, um antigo cemitério … e nada mais.

O segundo filme mostra uma pequena capela da região. Quem olha de fora, nem imagina que no seu interior existe uma escada caracol que dá em uma câmara subterrânea, típica de antigos rituais católicos. Lá existe uma passagem escavada na rocha para um poço (estranho ver pessoas caminhando por lá, um lugar que sempre foi tão abandonado e vazio). Da passagem, também é possível atingir uma caverna, cuja abertura dá para uma floresta de mata fechada, e de onde atingem-se as catacumbas, onde os filmes foram encontrados. Por quê foram filmados? O que tinha nos trechos faltantes? Existe uma relação dessas pessoas que apareceram nos filmes com o desaparecimento? Fica aí o mistério.

Texto original:

In 1947, a child, who was playing with his family at the beach Mys strakha (Black Sea, Russia), disappeared in the blink of an eye. Police were called to search , but nothing was discovered. Decades later, two rolls of film dated the same day found next to an old film camera, in a battered leather suitcase that did not belong to the family of the missing youth. The case was abandoned inside a catacomb forgotten by time and covered with earth and grass, only accessible through a cave. The rolls were very damaged by time and humidity, so many passages are missing.

In the first film, it can see the beach on a cloudy day. Seagulls patiently watching the ocean, while only two strange guys are on the beach: one walking in the direction of nowhere and other apparently fishing. Then, the camera follows a ramp, near a sign with a skull which reads “DANGER OF DEATH.” The place filled quickly in a dense fog, reducing visibility to a few meters. A wooden old house, abandoned trains, an old cemetery … and nothing else.

The second film shows a small chapel in the area. Who looks outside, have no idea that inside there is a spiral staircase that takes place in an underground chamber, typical of old Catholic rituals. There exists a passage carved into the rock to a well (strange to see some people walking around, a place that always was so deserted and empty). The passage, it is also possible to reach a cave, whose opening leads to a thicket of forest, and from where the catacombs are attained, where movies were found. Why were filmed? What was the missing parts? There is a relationship of those people who appeared in movies with the disappearance? That is a mystery.

mys_strakha_chapel

Compartilhe o link desse texto, mas se for copiar algum trecho, cite a fonte. Valorize nosso trabalho.
Mais informações na licença de uso do site.