Principais aeronaves comerciais

Quais são os modelos de aeronaves comerciais mais usados pelas companhias aéreas? Como identificar e diferenciar cada uma? Veja as respostas nesse post. Para ver mais sobre as companhias aéreas e fabricantes de aeronaves, veja os slides da aula de Fatos na Aviação e para mais fotos de aeronaves veja os slides das aulas de Conhecimentos Gerais de Aeronaves clicando nos respectivos links. Veja também sobre como é feita a identificação de voos e aeronaves brasileiras (civis e militares) no post sobre Tráfego Aéreo.

Principais modelos de aeronaves. Fonte: Calgary Regional Airport.

Principais modelos de aeronaves. Fonte: Calgary Regional Airport. (clique para ver com mais detalhes)

Boeing

A Boeing é uma das mais tradicionais fabricantes de aeronaves do mundo, com sede em Seattle (EUA), começou a operar em 1916. Hoje em dia, desenvolve e fabrica aeronaves civis e militares. Os modelos mais conhecidos são o Boeing 747 (Jumbo), o inovador 787 e o popular 737. No Brasil, a principal operadora de aeronaves Boeing é a GOL linhas aéreas, com uma frota de mais de 120 Boeing-737.

boeing_airplanes

Note que parte dos modelos de avião da Boeing possuem o winglet (componente aerodinâmico posicionado na extremidade livre da asa) dobrado para cima. O B737-700 tem só uma saída de emergência de um dos lados da aeronave, enquanto que o B737-800 tem duas saídas de emergência de um dos lados da aeronave.

Airbus

Fabricante europeia de aeronaves, com sede em Toulouse (França), iniciou suas atividades em 1970. Atualmente é a maior fabricante de aeronaves, seguida pela Boeing. A principal operadora de Airbus no Brasil é a LATAM (TAM + LAN), mas também é possível observar essas aeronaves voando na Avianca, TAP, Lan Chile, TACA e outras companhias internacionais.

airbus_airplanes

Note que conforme aumenta o número do modelo, maior fica o tamanho. Os modelos A318 e A 319 possuem só uma saída de emergência de um dos lados da aeronave, enquanto que o A320 possui duas saídas de emergência de um dos lados da aeronave. Alguns modelos mais antigos apresentam winglet semelhante a uma cauda de tubarão.

Embraer

Fundada em 1969 no Brasil com sede em São José dos Campos (clique no link para conhecer mais sobre a vocação aeronáutica da cidade e algumas aeronaves da empresa no Memorial Aeroespacial Brasileiro), a Embraer é a terceira maior fabricante de aeronaves civis do mundo, atendendo tanto os mercados civil/executivo quanto a linha de aeronaves militares. Por muito tempo no Brasil, somente os modelos turbo hélice eram utilizados nas rotas de menor densidade, tendo os jatos uma passagem rápida pela Rio Sul (do grupo VARIG). A partir de 2008, a Azul linhas aéreas começou a utilizar os modelos mais recentes de jatos Embraer para voos de linha dentro do Brasil. A Passaredo e a Trip também seguiram por esse caminho.

Fonte: AviationWeek/Embraer, tradução e adaptação por Defesa Aérea & Naval.

Fonte: AviationWeek/Embraer, tradução e adaptação por Defesa Aérea & Naval.

Note que o modelo E190 é um pouco menor que o E195, comente mudando a posição da saída de emergência (uma de cada um dos lados da aeronave).

ATR

Fabricante Italiana/Francesa, a ATR (Avions de Transport Régional) foi fundada em 1981 e tem sede em Toulouse (França). Especializada em aeronaves turbo hélice para vôos regionais, os principais aviões fabricados são o ATR-42 e o ATR-72 (fáceis de identificar por serem turbo hélices com embarque traseiro, sendo o modelo maior o que tem maior numeração). Utilizados pela Azul/Trip e Passaredo.

Fokker

Empresa de fabricação de aviões dos Países Baixos fundada em 1919 por Anthony Fokker. Declarou falência em 1996, após algumas tentativas fracassadas de salvamento do fabricante pela corporação Daimler Chrysler / Dasa Aviation. Foi adquirida pela EADS-Space Transportation em 2006. O modelo F100 foi muito utilizado pela TAM e ficou marcado por uma série de acidentes e incidentes. Hoje, somente a Avianca opera esse modelo no Brasil.

Let Aircraft

Fabricante da República Tcheca, tendo o modelo L-410 como o mais utilizado, principalmente para rotas regionais. No Brasil, é operado pela Brava linhas aéreas (antiga NHT), NOAR Linhas Aéreas e Sol Linhas Aéreas.

Mais algumas dicas

No post Guia rápido de identificação de aeronaves, estão expostas mais dicas e fotos de cada modelo, de diferentes companhias aéreas.

Veja a tabela com os principais modelos e características dos aviões comerciais mais utilizados pelas companhias aéreas brasileiras:

Modelo Passageiros Velocidade de cruzeiro Peso Máx. de decolagem Altitude de cruzeiro Consumo de combustível
A-319 144 850 km/h 64.000 kg 12.000 m 2.700kg/h
A-320 174 – 156 850 km/h 70.000 kg 12.000 m 2.700kg/h
A-321 220 850 km/h 89.000 kg 12.000 m 2.700kg/h
A-330 223 870 km/h 230.000 kg 12.500 m 5.500kg/h
A-340 267 890 km/h 372.000 kg 12.500 m 7.500kg/h
737-300 148 800 km/h 62.800 kg 11.300 m 3.000kg/h
737-700 149 828 km/h 69.000 kg 12.500 m 2.500kg/h
737-800 189 828 km/h 79.000 kg 12.500 m 2.550kg/h
767-300ER 205 870 km/h 186.000 kg 11.300 m 5.200kg/h
777-300ER 362 905 km/h 347.000 kg 13.000 m 7.500kg/h
E-190 106 810 km/h 47.800 kg 12.000 m
E-195 118 810 km/h 48.800 kg 12.000 m
E-175 86 810 km/h 37.500 kg 12.000 m
ERJ-145 50 830 km/h 22.000 kg 11.200 m
EMB-120 30 552 km/h 11.500 kg 9.000 m 600kg/h
ATR-42 45 – 48 560 km/h 18.600 kg 7.600 m 650kg/h
ATR-72 66 – 68 511 km/h 22.500 kg 7.600 m 650kg/h
F-100 107 830 km/h 43.000 kg 12.000 m 2.100 Kg/h
LET L-410 19-20 850 km/h 64.000 kg 6.000 m
Compartilhe o link desse texto, mas se for copiar algum trecho, cite a fonte. Valorize nosso trabalho.
Mais informações na licença de uso do site.

Um Pingback/Trackback