Mônaco

O Principado de Mônaco é uma cidade-estado soberana (microestado) situado no sul da França e fazendo costa com o mar Mediterrâneo. Possui aproximadamente uma área de 2 quilômetros quadrados (202 hectares), sendo o segundo menor Estado do mundo, atrás apenas do Vaticano. O país tem sua economia baseada no turismo, e é conhecido por seu circuito de Fórmula 1 (Grande Prêmio de Mônaco), o casino de Monte-Carlo e por ser um “paraíso fiscal”, não estando os investidores sujeitos a impostos sobre renda.

Mônaco Ville (foto: lonely planet).

Mônaco Ville (foto: lonely planet).

Inicialmente uma colônia fenícia, mais tarde foi ocupado por gregos, cartagineses e romanos, sendo posteriormente invadida por povos bárbaros. Em 1191, o território foi cedido a República de Gênova como uma colônia. Em 1297, a família de nobres Grimaldi (até hoje sua soberana, através de monarquia constitucional) ligou-se à fortaleza e colocou a primeira pedra da praça fortificada (hoje o palácio principesco). Seu chefe, Fulco del Castello, obteve de Henrique IV, Sacro Imperador Romano-Germânico, a soberania do conjunto de terras que rodeiam o rochedo do Mônaco e, para atrair uma população estável, concedeu uma série de vantagens como a concessão de terras com isenção de impostos.

Em 1918, um tratado serviu para delimitar a proteção da França sobre Mônaco. O tratado estabeleceu que a política monegasca estaria alinhada à da França, da mesma forma que os interesses militares e econômicos, bem como que, caso a família Grimaldi não continue a sua linhagem, o principado será absorvido pela França.

Mônaco está dividido em 10 bairros, sendo o mais famoso chamado Monte Carlo. Estância luxuosa conhecida pelo seu glamour, celebridades, praias e cassinos, possui alguns dos terrenos mais caros do mundo – em 2009, o metro quadrado custava 47.578 dólares. Nele que se encontra a Place du Casino, com jardins bem cuidados e o Grand Casino de Monte Carlo. Construído em 1863, o Cassino foi concebido ao redor de um átrio cercado por 28 colunas de ônix; ao fundo, a Salle Garnier, teatro à italiana revestido de vermelho e de ouro, é a verdadeira réplica em miniatura da Opera de Paris. Os salões de jogos são admiravelmente decorados com vitrais, esculturas e pinturas alegóricas.

De lá é possível conferir uma belíssima vista da baía. Descendo as escadas à esquerda do palácio, atinge-se uma das mais famosas curvas da Fórmula 1, a do Grand Hotel. A pequena enseada que abriga o porto de Monte Carlo, sempre cheio de iates, é conhecida como La Condamine. A seguir, um vídeo mostrando o circuito da Fórmula 1 de Monte Carlo, com uma volta completa em primeira pessoa e outra vista de diferentes ângulos – é tudo feito no computador, mas a reconstrução dos prédios é bem fiel à realidade, dá pra apreciar a paisagem:

Outro bairro interessante é Monaco Ville, uma velha cidade fortificada situada no topo de um rochedo. Nele estão o Palais Princier (palácio da família real), Catedral de Mônaco (onde Grace Kelly e Rainier casaram-se) e o Museu Oceanográfico (que já teve Jacques Cousteau como diretor).

monaco-map

Compartilhe o link desse texto, mas se for copiar algum trecho, cite a fonte. Valorize nosso trabalho.
Mais informações na licença de uso do site.