Inglês e Aviação

Todos sabem da importância que o idioma inglês tem sobre a vida de todos, desde expressões e produtos utilizados no dia a dia até um eventual encontro com algum estrangeiro. O idioma que geralmente se utiliza para pessoas de dois idiomas diferentes se entenderem é o inglês. Na aviação, encontram-se pessoas do mundo todo, e falar o idioma de cada uma delas é inviável.

No CP Cast 13 (Podcast do Canal Piloto) sobre Inglês ICAO, a profa. Aline Chelfo conta um episódio de uma comissária aluna sua em que ela precisou se comunicar em inglês com um passageiro. Na época, ela só falava português e italiano, o que era possível na TAM em voos internacionais. A chefe de cabine falava inglês, mas estava um pouco atribulada, e pediu para ela conversar com um passageiro que estava na saída de emergência se ele estava confortável em ficar lá. Assim, ela deveria perguntar se ele era estrangeiro, e dependendo da resposta ela já saberia se ele fala inglês ou não. A comissária dirigiu-se ao passageiro e perguntou “Excuse me sir, are you stranger?“. O correto seria “foreing“, já que “stranger” significa “estranho”.

Além disso, muito da conversação radiotelefônica, fraseologia e termos técnicos utilizados estão em inglês. Veja esse exemplo de uma comunicação radiofônica entre torre e piloto extremamente complicada devido à falta de conhecimento em inglês e o vídeo abaixo sobre a importância de saber inglês na aviação.

Algumas dicas para o estudo de idiomas:

  1. Esteja claro para você o objetivo do estudo e nível a ser atingido. Exemplos: inglês técnico para piloto, fluência em conversação para passageiros, etc.
  2. Matricule-se em um bom curso de inglês ou procure alguém que te dê suporte (um amigo que domina o idioma ou um professor particular)
  3. Pratique o máximo possível, busque oportunidades para praticar o ler/ouvir/falar. Exemplos: ouça rádio e músicas, tente decifrar o que asmúsicas dizem, veja filmes com áudio original (e tente não ler as legendas), imagine como você falaria determinada situação nesse novo idioma, encontre pessoas para conversas no outro idioma e treinar o ouvido.
  4. Anote novas palavras todos os dias em um caderninho e consulte nas horas de folga, para aumentar o vocabulário.
  5. Estude ao menos 10 minutos todos os dias (o hábito é importante, melhor do que estudar uma hora por semana). Quando for estudar, comece perguntando a si mesmo “o que quero aprender hoje?” e termine dizendo “o que aprendi hoje?”. Isso reforça os tópicos e melhora a auto estima.

Particularmente na aviação, creio que tópicos importantes a serem estudados são Qualificações da profissão, Rotina de trabalho, História e Cultura aeronáutica e Cultura de diferentes países e regiões. As seguintes situações podem ser trabalhadas dentro de um ambiente específico, e assim partir para o aprendizado gramatical, que poderá ser aprofundado conforme o necessário:

  • Módulo básico: Apresentação pessoal, trabalho, preferências, compras, família, rotina, experiências passadas,
    descrição de lugares e pessoas, quantidades, comparações, problemas de saúde, refeições e restaurantes, convites, sugestões, desculpas, futuro, etc.
  • Módulo intermediário: transportes, serviços, planos de viagem, solicitações, reclamações, instruções, festas e eventos, possibilidades, mudanças, traços de personalidade, emoções, linguagem corporal, conhecimento geral, especulações, conselhos, etc.
  • Módulo avançado: Recruiting Flight Attendants, At the Airport, Before Boarding, Boarding, Mysteries in Aviation, Aviation Timeline, Flight Attendants throughout Time, In-flight Service, During the Flight, First Aid, Safety & Emergency, News in Aviation, Landing & Disembarking, Fame in Aviation, Looking into the Future.

De acordo com a ANAC, a escala de níveis de proficiência linguística varia de Pré-Elementar (Nível 1) a Expert (Nível 6), sendo geralmente exigido o nível 4 (veja tabelas abaixo).

Dicas de livro de estudo: Aviation English (McMillan) e English for Cabin Crew (Terence Gerighty with Shon Davis; Heinle, Cengage Learning, 2011). Para consultar vocabulário específico, veja esse arquivo contendo termos e expressões português/inglês técnico aeronáutico: English-Portuguese-Aviation.pdf

Nível 6 – Expert 5 – Avançado 4 – Operacional
Pronúncia
(Utiliza um dialeto e/ou sotaque inteligível, para a comunidade aeronáutica)
Pronúncia, intensidade, ritmo e entonação, embora possivelmente influenciados pela língua materna ou variação regional, quase nunca interferem na facilidade de compreensão. Pronúncia, intensidade, ritmo e entonação, embora influenciados pela língua materna ou variação regional, raramente interferem na facilidade de compreensão. Pronúncia, intensidade, ritmo e entonação são influenciados pela língua materna ou variação regional, mas apenas algumas vezes interferem na facilidade de compreensão.
Estrutura
(Aspectos gramaticais relevantes e padrões estruturais das frases são determinados pelas funções da linguagem apropriadas à tarefa)
Aspectos gramaticais básicos e complexos e padrões estruturais das frases são constantemente bem controlados. Aspectos gramaticais básicos e padrões estruturais das frases são constantemente bem controlados. Esforça-se para usar estruturas complexas mas com erros, o que algumas vezes interfere no significado. Aspectos gramaticais básicos e padrões estruturais das frases são usados com criatividade e são geralmente bem
controlados. Erros podem acontecer, particularmente em circunstâncias não usuais ou não esperadas, mas raramente interferem no significado.
Vocabulário A riqueza e precisão do vocabulário são suficientes para comunicar-se efetivamente em uma grande variedade de tópicos familiares e desconhecidos. O vocabulário é idiomático, suficiente para expressar sutilezas e apropriado ao contexto. A riqueza e precisão do vocabulário são suficientes para comunicar-se efetivamente em tópicos comuns, concretos e relacionados ao trabalho. Parafraseia constantemente e com sucesso. O vocabulário é algumas vezes idiomático. A riqueza e precisão do vocabulário são geralmente suficientes para comunicar-se efetivamente em tópicos comuns, concretos e relacionados ao trabalho. Pode geralmente parafrasear com sucesso quando faltar vocabulário em circunstâncias não usuais ou não esperadas.
Fluência Capaz de falar por um longo período em ritmo natural e sem esforço. Varia o ritmo da fala para efeitos estilísticos, ex: para enfatizar um assunto. Usa marcadores de discurso e conectores apropriados espontaneamente. Capaz de falar por um longo período com uma facilidade relativa em tópicos familiares, mas pode não variar o ritmo da fala para efeitos estilísticos. Pode usar marcadores de discurso e conectores apropriados. Produz segmentos lingüísticos em cadência apropriada. Pode ocorrer perda de fluência ocasional na transição da fala ensaiada ou formatada para a interação espontânea, mas isto não impede a comunicação efetiva. Pode fazer uso limitado de marcadores de discurso ou conectores. Os marcadores conversacionais não comprometem a compreensão da mensagem.
Compreensão A compreensão é constantemente precisa em quase todos os contextos e inclui o entendimento de sutilezas lingüísticas e culturais. A compreensão é precisa em tópicos comuns, concretos e relacionados ao trabalho e na maioria das vezes precisa quando o falante é confrontado com uma complicação lingüística ou situacional ou com eventos inesperados. É capaz de compreender uma gama de variedades do discurso (dialetos e/ou sotaques) ou registros. A compreensão é na maioria das vezes precisa em tópicos comuns, concretos e relacionados ao trabalho quando o sotaque ou variedade usada é suficientemente inteligível para uma comunidade internacional de usuários. Quando o falante é confrontado com uma complicação lingüística ou situacional ou com eventos inesperados, a compreensão pode ser mais vagarosa ou requerer estratégias de clarificação.
Interações Interage com facilidade em quase todas as situações. É sensível à pistas verbais e não verbais, e as responde apropriadamente. As respostas são imediatas, apropriadas e informativas. Gerencia a relação falante/ouvinte efetivamente. As respostas são geralmente imediatas, apropriadas e informativas. Inicia e mantém trocas mesmo quando lidando com eventos inesperados. Sabe lidar adequadamente com mal entendidos aparentes, checando, confirmando ou esclarecendo.
Nível 3 – Pré-operacional 2 – Elementar 1 – Pré-elementar
Pronúncia
(Utiliza um dialeto e/ou sotaque inteligível, para a comunidade aeronáutica)
Pronúncia, intensidade, ritmo e entonação são influenciados pela língua materna ou variação regional e freqüentemente interferem na facilidade de compreensão. Pronúncia, intensidade, ritmo e entonação são fortemente influenciados pela língua materna ou variação regional e geralmente interferem na facilidade de compreensão. Desempenha em um nível abaixo do Nível Elementar.
Estrutura
(Aspectos gramaticais relevantes e padrões estruturais das frases são determinados pelas funções da linguagem apropriadas à tarefa)
Aspectos gramaticais básicos e padrões estruturais das frases associados com situações previsíveis não são sempre bem controlados. Erros freqüentemente interferem no significado. Demonstra apenas controle limitado de poucas estruturas gramaticais e padrões estruturais das frases simples e memorizados. Desempenha em um nível abaixo do Nível Elementar.
Vocabulário A variação e exatidão do vocabulário são freqüentemente suficientes para comunicar-se em tópicos comuns, concretos e relacionados ao trabalho, mas a variedade é limitada e a escolha de palavras freqüentemente inapropriada. É muitas vezes incapaz de parafrasear com sucesso quando falta vocabulário. Variedade de vocabulário limitada consistindo apenas de palavras isoladas e frases memorizadas. Desempenha em um nível abaixo do Nível Elementar.
Fluência Produz segmentos lingüísticos, mas a construção das frases e pausas são geralmente inapropriadas. Hesitações ou lentidão no processamento da língua pode impedir a comunicação efetiva. Os marcadores conversacionais algumas vezes comprometem a compreensão da mensagem. Pode produzir elocuções muito pequenas, isoladas e memorizadas com pausas freqüentes e um uso de marcadores conversacionais que desviam a atenção a fim de procurar expressões e articular palavras menos familiares. Desempenha em um nível abaixo do Nível Elementar.
Compreensão A compreensão é freqüentemente precisa em tópicos comuns, concretos e relacionados ao trabalho quando o sotaque ou variedade usada é suficientemente inteligível para uma comunidade internacional de usuários. Pode falhar em entender uma complicação lingüística ou situacional ou eventos inesperados. A compreensão é limitada a frases isoladas e memorizadas quando são articuladas com cuidado e vagarosamente. Desempenha em um nível abaixo do Nível Elementar.
Interações As respostas são algumas vezes imediatas, apropriadas e informativas. Pode iniciar e manter trocas com relativa facilidade em tópicos familiares e em situações previsíveis. Geralmente inadequado quando lidando com eventos inesperados. O tempo de resposta é lento, e freqüentemente inapropriado. Interação é limitada a trocas de rotina simples. Desempenha em um nível abaixo do Nível Elementar.
Compartilhe o link desse texto, mas se for copiar algum trecho, cite a fonte. Valorize nosso trabalho.
Mais informações na licença de uso do site.