Eclusa de Barra Bonita

Um passeio de barco no rio Tietê costuma ser um passeio diferente para se fazer, ainda mais se fizer uma “eclusagem” em Barra Bonita. Veja um pouco mais sobre a cidade e o passeio nesse post.

Rio Tietê e Barragem com eclusa, na divisa de Barra Bonita e Igaraçu do Tietê.

Rio Tietê e Barragem com eclusa, na divisa de Barra Bonita e Igaraçu do Tietê. Foto: ViniRoger.

Barra Bonita é um município do interior de São Paulo fundada em 1883. Possui uma praça (com kartódromo, feira de artesanato, área de lazer para crianças, lago com pedalinhos e locais de alimentação) próxima ao porto, de onde saem os barcos para os passeios. Fica às margens do rio Tietê, que nasce na Grande São Paulo e percorre quase todo o estado, desaguando no rio Paraná. Por ser um rio de planalto, possui muitas quedas d’água em seu caminho. Isso pode ser bom para construção de usinas hidrelétricas, mas torna-se um desafio para a passagem de embarcações.

Eclusa é uma obra de engenharia hidráulica que permite que embarcações subam ou desçam os rios ou mares em locais onde há desníveis (barragem, quedas de água ou corredeiras). Existem duas comportas separando os dois níveis do curso d’água. Quando a embarcação precisa subir o rio ela entra na eclusa pelo lado jusante e permanece na câmara. A comporta de jusante é então fechada e a câmara enchida com água, causando a elevação da embarcação até que se atinja o nível do reservatório superior. A partir desse momento, a comporta de montante pode ser aberta e a embarcação sai da eclusa. Para descer o rio, repete-se inversamente o processo.

Vista da barragem e da represa a partir do barco, dentro da eclusa.

Vista da barragem e da represa a partir do barco, dentro da eclusa. Foto: ViniRoger.

O passeio pelo rio Tietê parte do porto e sobe o rio até a barragem, passando por uma ilha fluvial ligada às margens por duas pontes metálicas antigas e diferentes. Passa também por uma outra ponte, maior e moderna, mais próxima à represa. O processo de eclusagem pode ser feito com até quatro embarcações ao mesmo tempo, durando em torno de 20 minutos (tanto subida quanto descida). Dá-se uma volta pela represa e retorna-se ao porto. Durante o trajeto tem música, narração explicando os pontos do passeio, servem comida e bebida a bordo e ainda é possível observar as sinalizações para os barcos da hidrovia Tietê-Paraná.

Veja esse vídeo da entrada na eclusa (depois que fecham as comportas e começa a encher de água, a subida do barco parece bem lenta, quase não se percebe):

Segue um mapa da cidade de Barra Bonita: ao norte (acima) fica Barra Bonita, e ao sul fica Igaraçu do Tietê. Do lado direito do rio observa-se a barragem com a represa; descendo o rio (indo para esquerda) tem a ponte maior, depois as pontes metálicas ligadas à ilha fluvial e depois o porto, próximo à ilha.


Ver mapa maior

Compartilhe o link desse texto, mas se for copiar algum trecho, cite a fonte. Valorize nosso trabalho.
Mais informações na licença de uso do site.