Arquivos da categoria: Livros

Resenhas e dicas de livros.

Onde está Wally?

"Where's Wally?" é uma série de livros infanto-juvenis criada pelo ilustrador britânico Martin Handford. Sua principal característica é uma imagem confusa com várias coisas acontecendo ao mesmo tempo e nela o leitor deveria encontrar Wally e outras coisas, desde objetos dele até amigos e inimigos. Geralmente, são livros em formato grande e a imagem tem o tamanho de duas páginas. Interessante ... continue lendo [...]

Nostalgia – fascículos

Fascículo é uma publicação editada em cadernos, em ordem numérica, normalmente encontrada em bancas de jornal, com lançamento geralmente semanal. Depois de um período determinado, completa-se a coleção de volumes que fazem parte de uma obra completa, podendo-se depois encaderná-los. Geralmente os primeiros números eram mais baratos e vinham com "presentinhos", para ganhar o público. Egitomania Lançada ... continue lendo [...]

Nostalgia – revistas

Por definição, revista é uma publicação periódica de cunho informativo, jornalístico ou de entretenimento. Algumas foram publicadas em poucos números ou por tempo limitado, e por isso talvez não sejam muito conhecidas. No entanto, são produtos de grande qualidade do mercado editorial brasileiro que merecem ser conhecidos. Revistas Colecionismo O site Colecionismo.com.br começou a ... continue lendo [...]

O Tacão de Ferro

Publicado pelo escritor norte-americano Jack London em 1907, "O Tacão de Ferro" (The Iron Heel) descreve uma insurreição que teria ocorrido entre 1914 e 1918, analisada por um observador do século XXVII. Nele, retrata o desenvolvimento da classe operária norte-americana e seus embates com a oligarquia, sob o ponto de vista de Avis Everhard, jovem de família rica que se apaixona por Ernest, um ... continue lendo [...]

Top 10 livros

Parece que é bem próprio do ser humano criar listas, rankings e classificar tudo, ainda mais em uma quantidade que seja um número decimal. Assim, segue uma lista dos dez livros que mais gostei de ler e cuja leitura recomendo fortemente para qualquer pessoa. Alguns deles eu já falei detalhadamente em outros artigos, então falo deles aqui brevemente e coloco o link para o respectivo post. 1) ... continue lendo [...]

Encontro com Medusa

"O Vento Solar" é um livro de Arthur C. Clarke publicado em 1972. A história da maioria de seus 18 contos acontece na era espacial, mas contém não deixa de ser uma ficção científica dirigida à análise do homem e da sociedade. O último conto do livro, "Encontro com Medusa", ganhou o prêmio Nebula de 1973 e possui vários conceitos de Física (e Meteorologia) muito bem abordados. O cenário ... continue lendo [...]

Drummond e a rosa

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), mineiro de Itabira, é considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro do século XX e foi um dos principais artistas da segunda geração do Modernismo brasileiro. Assim, segue a libertação proposta por Mário e Oswald de Andrade, na qual institui o verso livre (métrica irregular) e o verso branco (sem rimas), ironia e linguagem coloquial. Uma biografia ... continue lendo [...]

Uma breve história do tempo

Na mídia da internet, um dos nomes da ciência que mais rende "cliques" é o de Stephen Hawking. Nascido em Oxford em 1942, é um físico teórico e cosmólogo dos mais consagrados cientistas da atualidade. Foi professor lucasiano de matemática na Universidade de Cambridge, onde é professor lucasiano emérito, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage. O filme ... continue lendo [...]

A Era da Manipulação

O livro "A Era da Manipulação", de Wilson Bryan Key, tem como objetivo mostrar como a mídia seduz e manipula sua mente. Mesmo lançado em 1989, é possível notar como vários pontos continuam atuais. Afinal, apesar da tecnologia ter avançado bastante, a espécie "ser humano" continua a mesma nesse período, sujeita ainda às mesmas condições psicológicas de uma sociedade voltada ao consumo. Um ... continue lendo [...]

Deus é inocente: a imprensa não

Publicada em 2002, o livro de Carlos Dorneles traz o resultado de um amplo estudo sobre a atuação da imprensa em cobertura de guerras. O jornalista analisa com riqueza de detalhes a cobertura da mídia sobre os eventos que sucederam à queda das torres gêmeas, no dia 11 de setembro de 2001, e o ataque ao Afeganistão, até um ano depois dos atentados. Imagine uma televisão que adota um alinhamento ... continue lendo [...]