Barra Funda e Água Branca

Existem pólos de turismo famosos na cidade de São Paulo, como o centro histórico, Avenida Paulista e Parque do Ibirapuera. Outro lugar da cidade com muitas atrações próximas é a região próxima ao metrô Barra Funda, que engloba parte dos bairros da Água Branca e Barra Funda (onde atua o bandido Poucas Trancas rsrs veja o vídeo do Chapolin para entender).

Memorial da América Latina: biblioteca e escultura de rosa. Foto: Viniroger.

Memorial da América Latina: biblioteca e escultura de rosa. Foto: Viniroger.

Breve história dos bairros

Situados em uma área de várzea ao sul do rio Tietê, os primeiros a povoarem a região foram os italianos logo após o loteamento de chácaras e sítios na área. Trabalhavam em serrarias e oficinas mecânicas, principalmente para atenderem a população do elitizado bairro vizinho dos Campos Elísios. O desenvolvimento maior da região ocorreu após a inauguração da Estação Barra Funda da Estrada de Ferro Sorocabana, em 1875, funcionando como escoamento da produção de café paulista e também como armazém dos produtos que eram transportados do porto de Santos para o interior, com a criação, em 1892, da São Paulo Railway, inaugurada próxima à Estrada Sorocabana.

A região foi retratada na obra de Alcântara Machado “Brás, Bexiga e Barra Funda”, que aborda o cotidiano das classes proletárias da cidade de São Paulo na primeira metade do século XX. O bairro expôs para o país grandes paulistanos como Mário de Andrade, que nasceu e viveu no bairro, que conserva até hoje sua antiga residência. Em 1917 foi inaugurado o Teatro São Pedro. As Indústrias Matarazzo empregavam boa parte da população da região, assim como em grande parte da cidade e foram a base do conhecido “Império Matarazzo”, que foi se enfraquecendo até se extinguir na década de 1980.

A partir da década de 1970 começou a migração nordestina para a região e a atividade industrial, anteriormente um dos grandes pontos fortes da Barra Funda, diminuiu sensivelmente. Essa situação começou a mudar apenas no final da década seguinte, com a construção do Terminal Intermodal Barra Funda em 1988. Atualmente se tornou uma zona de classe média e pequenos escritórios.


Exibir mapa ampliado

Pontos de referência

Shopping Bourbon visto do Sesc Pompeia. Foto: Viniroger.

Shopping Bourbon visto do Sesc Pompeia. Foto: Viniroger.

  • Terminal Intermodal Barra Funda, com linhas de ônibus municipais, intermunicipais, interestaduais, internacionais e metropolitanos, trens e metrô. A estação atual do Metrô de São Paulo foi construída para atender a sua Linha Leste–Oeste (atual Linha 3-Vermelha) e unificar em uma só estação as linhas de trem de subúrbio da Fepasa (antiga Sorocabana) e da CBTU (antiga Estrada de Ferro Santos-Jundiaí).
  • Estação Água Branca, pertencente à Linha 7-Rubi da CPTM, com projeto de ser integrada à futura estação da Linha 6-Laranja do Metrô de São Paulo (ligará o centro à região noroeste de São Paulo);
  • Shopping West Plaza, inaugurado em 1991 e tornando-se rapidamente uma referência na região, tomando um perfil mais popular ao longo dos anos;
  • Bourbon Shopping, pertencente ao grupo gaúcho Zaffari e ocupa o mesmo local do antigo Shopping Center Matarazzo, que foi arrematado pelo atual grupo em 1997. Em 2009, foi inaugurada a primeira sala de cinema com a tecnologia Imax do Brasil e o Teatro Bradesco;
  • Avenida Antártica, parte da ligação com a Marginal Tietê através do Viaduto Antártica;
  • Avenida Francisco Matarazzo, ligação com o centro da cidade através do Elevado Presidente Costa e Silva (conhecido com Minhocão);
  • Rua Turiassú, rua comercial cujo nome é uma homenagem ao município de Turiaçu, no estado do Maranhão;
  • Avenida Pacaembú, ligação com o Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, mais conhecido por Estádio do Pacaembu;
  • Estúdios da Rede Record de televisão, a mais antiga do país em atividade, inaugurados em 1995;
  • Playcenter, foi o primeiro grande parque de São Paulo de diversão, inaugurado em 27 de julho de 1973. Localizava-se em uma área de 85 mil m² e recebia em torno de 1,6 milhão de pessoas anualmente, encerrando suas atividades em 2012 para uma grande reforma;
  • Villa Country, casa de shows, restaurante, pista de dança, camarotes e centro de convenções distribuídos em 12 mil metros quadrados com vários ambientes que remetem o visitante ao velho oeste americano.

Atrações turísticas

Memorial da América Latina – centro cultural, político e de lazer, inaugurado em 1989. O conjunto arquitetônico, projetado por Oscar Niemeyer, é constituído por vários edifícios dispostos ao longo de duas áreas unidas por uma passarela: o Salão de Atos, a Biblioteca Latino-Americana, o Centro de Estudos, a Galeria Marta Traba, o Pavilhão da Criatividade, o Auditório Simón Bolívar, o Anexo dos Congressistas e o edifício do Parlamento Latino-Americano. Na Praça Cívica, encontra-se a escultura em concreto, também de Niemeyer, representando uma mão aberta, em posição vertical, com o mapa da América Latina pintado em vermelho na palma.

Memorial da América Latina: esculturas e Parlatino (ao fundo). Foto: Viniroger.

Memorial da América Latina: esculturas e Parlatino (ao fundo). Foto: Viniroger.

Parque da Água Branca (oficialmente Parque Fernando Costa) – fundado em 1929 com o objetivo de abrigar exposições e provas zootécnicas. Possui prédios históricos, mata nativa, pavões, gatos, patos e galinhas ao ar livre. Também abriga o Instituto de Pesca e o Museu Geológico Valdemar Lefèvre, entre outras instituições.

Parque da Água Branca: Jardim de inverno. Foto: Viniroger.

Parque da Água Branca: Jardim de inverno. Foto: Viniroger.

Sesc Pompeia – centro de cultura e lazer que reúne teatros, quadras esportivas, piscina, lanchonete, restaurante, espaços de exposições, choperia, oficinas e internet livre, entre outros serviços. Seu projeto arquitetônico foi desenvolvido pela arquiteta Lina Bo Bardi em 1977.

Sesc Pompeia. Foto: Viniroger.

Sesc Pompeia. Foto: Viniroger.

Estação Ciência – centro de difusão científica, tecnológica e cultural da USP. Instalada numa antiga fábrica reformada, contígua ao Terminal de ônibus da Lapa, do Shopping Center Lapa e da estação ferroviária dos trens metropolitanos (CPTM). Foi fundada pelo CNPq em 1987 e integrada a USP em 1990. Os visitantes têm a oportunidade de conhecer, através de exposições e experimentos de forma lúdica e interessante, o que a física, biologia, astronomia, matemática, meteorologia, geografia, urbanismo, geologia, etc.

Estádio Palestra Italia (atual Arena Allianz Parque) – Arena multiúso (veja mais clicando no link Estádio Palestra Itália).

Compartilhe o link desse texto, mas se for copiar algum trecho, cite a fonte. Valorize nosso trabalho.
Mais informações na licença de uso do site.

Um Pingback/Trackback